Senadores dos EUA querem acabar com nota de 1 dólar

Por fabiosaraiva
A nota de 1 dólar, que pode ser extinta pelos senadores dos EUA | ABr A nota de 1 dólar, que pode ser extinta pelos senadores dos EUA | ABr

O Senado dos Estados Unidos pede a extinção da nota de US$ 1, talvez a mais famosa do mundo, com o intuito de economizar até US$ 13 bilhões (o equivalente a R$ 29 bilhões) nos próximos 30 anos. Os detalhes desta proposta são apresentados pelo correspondente da Band no país, Luiz Megale.

“Um grupo de senadores e republicanos democratas quer substituir a cédula de US$ 1 por moedas do mesmo valor. A proposta foi apresentada há dois anos, mas, na época, os congressistas a deixaram de lado por conta da repercussão popular negativa”, diz Megale.

A ideia, agora, está de volta, e com um representante de peso: o senador John McCain, candidato republicano à presidência dos EUA em 2008. Países como Brasil e Canadá já abriram mão da nota de 1.

“Quem defende o fim da nota de US$ 1, em um período de quatro anos, argumenta que, embora fabricar as moedas custe mais, elas têm uma vida útil maior que a cédula”, afirma o correspondente.

 

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo