SP-Arte: 14ª edição da feira reúne galerias e mostra pluralidade

Por Metro Jornal

Não são só quadros milionários e artistas consagrados que fazem a SP-Arte, que abre sua 14ª edição nesta quarta-feira (11), para convidados, e recebe o público até domingo (15) no Pavilhão da Bienal, no parque Ibirapuera.

A maior feira de artes visuais do Brasil busca atrair não só compradores de obras, mas também quem está disposto a consumir essa produção de outras formas, seja a partir do contato com as peças expostas pelas 131 galerias presentes, em visitas guiadas temáticas ou em palestras em torno desse mercado.

Leia mais:
Festival de cinema É Tudo Verdade abre nesta quarta com mais presença brasileira
Festival circense gratuito em SP traz mais de 40 atrações de 8 países até domingo

Artistas como Ai Weiwei, Banksy, Cícero Dias e Sandra Mazzini têm trabalhos seus expostos nos estandes – 16 galerias dedicam seus espaços a individuais de um mesmo nome e 18 fazem sua estreia no evento.

O design tem espaço no terceiro andar do prédio, no qual estão reunidos 33 expositores com peças como móveis, tapeçarias e luminárias.

Este ano a performance ganha área exclusiva, de 220 m2, sem delimitações. Ali será mostrado o trabalho de cinco artistas simultaneamente durante o horário de funcionamento da feira.

Serviço:
No Pavilhão da Bienal (Parque Ibirapuera – av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Ibirapuera; tel.: 5576-7600). Desta quinta-feira (12) a sábado (14). Das 13h às 21h; dom., de 11h às 19h. R$ 45 por dia.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo