5 melhores filmes dos anos 80 para ver na Netflix

Por Metro Internacional

Uma lista de clássicos para assistir na Netflix nunca vai mal, especialmente se estamos falando de filmes dos anos 80.

Se você é fã dessa época do cinema (ou só não sabe o que assistir hoje), confira a nossa lista:

Curtindo a Vida Adoidado – Nota 4.2 no Filmow

No último semestre do curso do colégio, estudante (Matthew Broderick) sente um incontrolável desejo de matar a aula e planeja um grande programa na cidade com a namorada (Mia Sara), seu melhor amigo (Alan Ruck) e uma Ferrari. Só que para poder realizar seu desejo ele precisa escapar do diretor (Jeffrey Jones) do colégio e de sua própria irmã (Jennifer Grey).

Foto Reprodução / Giphy

De Volta para o Futuro – Nota 4.4 no Filmow

Marty McFly é um adolescente típico americano dos anos 80. Acidentalmente ele viaja de volta no tempo para 1955 em uma máquina do tempo inventada pelo cientista maluco Dr. Brown. Durante sua incrível viagem ao passado, Marty tem como missão fazer com que seus pais ainda adolescentes se conheçam e se apaixonem. Só assim ele conseguirá ter uma chance de voltar ao futuro.

Gif Reprodução / Futurepedia

Clube dos cinco – Nota 4.2 no Filmow

Em virtude de terem cometido pequenos delitos, cinco adolescentes são confinados no colégio em um sábado, tendo de escrever uma redação de mil palavras sobre o que eles pensam de si mesmos. Apesar de serem pessoas bem diferentes, enquanto o dia transcorre passam a aceitar uns aos outros e várias confissões são feitas entre eles.

GIF Reprodução / GIF

Gatinhas e Gatões – Nota 3.5 no Filmow

Samantha Baker, uma adolescente que está completando 16 anos, sonha em namorar um colega que, infelizmente, namora uma linda jovem. Além disso, em virtude do casamento de sua irmã mais velha seu aniversário é totalmente esquecido e, como desgraça pouca é bobagem, um garoto começa a assediá-la de forma inconveniente.

GIF Reprodução / Giphy

Monty Python – O Sentido da Vida – Nota 4.0 no Filmow

O humor corrosivo que caracteriza os filmes do grupo Monty Python está afiadíssimo nas histórias de O Sentido da Vida. Nesse filme, a trupe de comediantes britânicos ganha a tela para satirizar a medicina, a igreja, os militares, o sexo, e tudo o que é levado a sério demais pelos seres humanos normais. A ousadia lhes valeu o Prêmio Especial do Júri no Festival de Cannes. O Sentido da Vida mostra porque eles fazem sucesso há três décadas na TV e no cinema de todo o mundo.O Monty Python começou na BBC de Londres em 1969 e logo se espalhou pelo mundo com suas apresentações ao vivo, livros e filmes imperdíveis. Este foi o último filme da trupe que se separou após este trabalho. Em seus filmes, já satirizaram desde Rei Arthur, símbolo máximo da nobreza, justiça e coragem britânicas (Monty Phyton e o Santo Graal, 1975) à Jesus (A Vida de Brian, 1979), personagem que dispensa apresentações.

GIF Reprodução / Giphy

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo