15h17 – Trem para Paris: jovens revivem ataque real em novo filme de Clint Eastwood

Por Metro Internacional

Spencer Stone, Alek Skarlatos e Anthony Sadler não são atores, mas não conseguiram rejeitar a proposta de Clint Eastwood para interpretarem a si mesmos em “15h17 – Trem para Paris”, que estreia nesta quinta-feira (8).

Em agosto de 2015, o trio ajudou a desbaratar uma ação do terrorista Ayoub El Khazzani, impedindo que ele abrisse fogo contra civis em um trem lotado que fazia a rota entre Amsterdã e Paris.

“O filme faz um bom trabalho ao mostrar quão banais somos. Esperançosamente você pode se identificar com nós três e, quem sabe, esse filme pode inspirar as pessoas a superarem adversidades em suas vidas”, afirma Sadler.

Leia mais:
Jessica Jones confronta mais fantasmas do passado na segunda temporada da série
Segunda temporada de Luke Cage ganha teaser e data de estreia na Netflix

Foi por esse motivo que os três colaboraram com Jeffrey E. Stern para a produção de um livro homônimo, e também foi por isso que os rapazes apresentaram sua história para Clint Eastwood. Isso não significa que eles tivessem intenção de aparecer no filme, muito menos de estrelá-lo.

“Essa foi uma decisão de última hora de Clint. Faltando três semanas para as filmagens, mandaram nos chamar. Imaginamos que conversaríamos com os atores escolhidos”, lembra Skarlatos. Em vez disso, o diretor vencedor do Oscar queria que eles mesmos recriassem os episódios vividos por eles há três anos.

“Ninguém morreu no ataque, e temos sorte de nenhum de nós ter sido acometido de transtorno pós-traumático. Obviamente houve dúvidas sobre atuarmos de verdade, porque isso significava um risco imenso. Mas Clint nos deu confiança”, diz Skarlatos.

Eles não poderiam estar mais felizes com o resultado, especialmente porque “Trem para Paris” é ancorado em uma realidade que exalta atos heroicos, mas não os apresenta como super-homens.

“O filme faz um bom trabalho ao mostrar que somos caras comuns com quem as pessoas podem se identificar. Você não sabe como vai agir até enfrentar tal situação. Espero que o filme faça as pessoas saberem que isso não é impossível”, conclui ele.

Confira o trailer do filme:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo