Indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante, Willem Dafoe fala sobre Projeto Flórida

Por Paulo Portugal/Metro Internacional

Ele tem voz, aparência, energia e uma habilidade camaleônica de se transformar em qualquer coisa na tela. Há algo de singular e muito pessoal que injeta verdade nos personagens que Willem Dafoe faz, e isso está presente em “Projeto Flórida”, de Sean Baker, que estreia nesta quinta-feira (1º).

O astro de 62 anos está indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante pelo papel de gerente de um hotel decadente nos arredores da Disney. Ele precisa lidar com a energia da pequena Moonee (Brooklyn Prince) enquanto a jovem mãe da menina (BriaVinaite) orbita pelo lugar um tanto sem rumo.

Leia mais:
Oscar 2018: saiba mais sobre os indicados a Melhor Ator Coadjuvante
Oscar 2018: saiba tudo sobre as indicadas da categoria de Melhor Atriz

Como foi atuar com meninas tão cheias de energia?
Elas são fantásticas. Meu trabalho era de me adequar a elas e ser mais uma pessoa do que um ator.

Sean Baker rodou o filme com um iPhone. Como você vê esse uso da tecnologia?
Eu aprecio. A tecnologia tornou o fazer cinematográfico mais democrático. Há muitas formas diferentes de fazer filmes, e isso é algo bom. O problema agora é distribuição.

Quanto do filme é fruto de improvisação?
Muito menos do que você imagina. O roteiro era forte. Acrescentamos coisas quando já estávamos lá. Sean foi muito bom com as crianças e as alimentou de ideias.

“Projeto Flórida” fala também sobre os EUA…
É óbvio que existe uma crise de habitação e no sistema de bem estar social. É algo mais visível agora que temos um líder cheio de ódio e sentimento de divisão. O filme fala sobre responsabilidade e interdependência, e que nós precisamos tomar conta uns dos outros.

Há pessoas no filme que votaram em Trump…
Sim, é verdade. E isso é uma tragédia. Tenho trabalhado muito desde que Donald Trump foi eleito, mas não conheço ninguém que goste dele. Enquanto houver maioria republicana, ele vai ser protegido só para manter essa situação. É incrível que ele ainda esteja na presidência.

Veja o trailer do filme:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo