Fergie se desculpa após cantar versão 'sexy' do hino nacional dos Estados Unidos

Por Estadão Conteúdo

Após ser criticada por sua versão mais lenta e "sexy" do hino nacional dos Estados Unidos na abertura do tradicional jogo das estrelas da NBA, Fergie se desculpou formalmente pelo episódio.

"Sempre tive honra e orgulho de cantar o hino nacional e eu tentei algo especial para a NBA", afirmou a cantora de 42 anos, ex-integrante do grupo Black Eyed Peas, em comunicado oficial.

Leia mais:
The Walking Dead: série vai mostrar um zumbi completamente nu pela primeira vez
Pantera Negra: Michael B. Jordan não aconselha fazer apostas com Lupita Nyong’o, entenda

"Sou alguém que gosta de riscos, mas claramente essa interpretação não chegou ao tom pretendido. Eu amo esse país e honestamente tentei o meu melhor", escreveu Fergie, que fez sua interpretação do hino neste último domingo (18).

Nas redes sociais, a cantora foi criticada por internautas que julgaram a versão desrespeitosa com o hino americano. Outros simplesmente acharam a situação hilária. Um internauta chegou a dizer que foi "a pior interpretação da história".

Veja como foi a apresentação de Fergie:

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo