The Post – A Guerra Secreta é um manifesto americano à liberdade de imprensa

Por Pop Séries!

Muito têm se falado sobre o papel do jornalismo em tempos de governos ditatoriais, censura e a ameaça do fake news.

Nos EUA, o papel da liberdade de imprensa ressurgiu na pauta da grande mídia após a vitória de Donald Trump nas urnas, que volta e meia despeja comentários ofensivos à cobertura de seu governo pelas emissoras locais.

Por esse motivo, o enredo de "The Post – A Guerra Secreta", que estreou em 25 de janeiro nos cinemas brasileiros, não poderia ser mais contemporâneo. Dirigido por Steven Spielberg, e um dos favoritos ao prêmio de melhor longa-metragem no Oscar, o filme conta a história de dois editores do jornal "The Washington Post" que enfrentaram a justiça e os desmandos do ex-presidente Richard Nixon para publicar documentos secretos da Guerra do Vietnã.

Leia mais:
Pantera Negra: tiros, pancadaria e muita ação em novas cenas divulgadas do filme
Harry Potter: assista ao filme produzido por fãs sobre a juventude de Voldemort

Ben Bradlee (Tom Hanks) e Kat Graham (Meryl Streep) são os protagonistas do longa, que formam uma dupla convincente e com muita empatia. Herdeira do jornal, Kat tem que se impor em um mundo masculino, em que a participação das mulheres no jornalismo era extremamente restrita. Ao mesmo tempo, Ben buscava formas de se destacar na concorrência frente ao The New York Times, ainda um dos maiores veículos de imprensa do mundo.

O enredo vai ainda mais longe: para os leigos no assunto, mostra como funciona o trabalho do jornalista investigativo, o direito de manter em sigilo o nome da fonte e o dever das publicações em defender os direitos dos governados e não dos governantes. Alguns anos depois, a mídia americana seria a responsável por revelar as escutas ilegais no caso Watergate.

O elenco é outro grande trunfo de The Post: participam Sarah Paulson, Bob Odenkirk, Tracy Letts e Matthew Rhys.

No mais, a produção é mais um grande exemplo do talento de Meryl, que recebeu a sua 21ª indicação ao Oscar, e da versatilidade de Spielberg – que não deixa de impressionar, seja na ficção científica ou no drama.

Veja o trailer do filme:

 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo