Slenderman: como surgiu a lenda que motivou o crime de duas adolescentes

Por Metro Internacional
Reprodução / HBO
Slenderman: como surgiu a lenda que motivou o crime de duas adolescentes

A lenda do Slenderman volta a ser assunto na internet depois que as adolescentes de 15 anos Morgen Geyser e Anissa Weier foram condenadas a cumprir longas penas em hospitais psiquiátricos.

Morgen foi condenada a 40 anos e Anissa a 25 anos. Segundo as garotas, elas foram obrigadas por Slenderman a apunhalar 19 vezes a amiga, Payton Leutner, que sobreviveu ao ataque ocorrido em 2014.

O crime

Morgen Geyser e Annisa Weier eram duas meninas de 12 anos que viviam em Waukesha, em Wisconsin, fãs de literatura de horror e do Slenderman.

As garotas ficaram obcecadas pela lenda urbana e decidiram matar uma de suas colegas, Payton Leutner, como sacrifício ao personagem.

Aproveitando o barulho do aniversário de Morgen e a ocasião em que as três jovens dormiriam na mesma casa para fazer uma festa de pijamas, elas foram para um parque com a desculpa de brincar de esconde-esconde.

No local as meninas apunhalaram Payton 19 vezes com uma faca de cozinha e fugiram. A vítima conseguiu rastejar para uma estrada próxima, onde foi socorrida por um ciclista.

foto Reprodução / news.sky.com

A lenda

Segundo o El Pais, o Slenderman é um ser antropomórfico que mede de dois a quatro metros de comprimento. Seus membros são muito longos e seu rosto é uma máscara pálida sem características, sem olhos, sem ouvidos e sem boca.

A lenda diz que ele costuma atacar suas vítimas com assustadores tentáculos que saem das suas costas.

Os contos de terror da internet relatam que esse habitante das sombras persegue crianças e adolescentes.

Acredite ou não, existem muitos jovens que acreditam na existência desse personagem que foi criado em 2009 em um fórum de internet por Victor Knudsen sob o pseudônimo de "Victor Surge".

A história foi crescendo até o personagem se tornar um meme e de lá para cá um material de creepypasta, um gênero de histórias de terror.

Desde então, surgem cada vez mais vídeos, fotos e depoimentos de usuários que alimentam a ideia de que o Slenderman vive entre nós.

Assim como a “Loira do Banheiro” e o “Homem do Saco”, a história do Slenderman se espalhou pelo mundo, tornando-se um folclore popular graças a um advento do século XXI: a internet.

Loading...
Revisa el siguiente artículo