Bia Arantes fará novo personagem de 'Deus Salve o Rei'

Atriz compõe o elenco da novela das sete da Globo a partir desta sexta-feira, 26

Por Estadão Conteúdo
Bia Arantes fará novo personagem de 'Deus Salve o Rei'

Os telespectadores que sintonizarem a televisão na Globo na noite desta sexta-feira, 26, verão a introdução de uma nova personagem em "Deus Salve o Rei". A responsável por essa novidade na trama é Bia Arantes, atriz que acaba de gravar a novela "Carinha de Anjo", do SBT, e que atualmente divide seu tempo entre os trabalhos na TV e no teatro. A atriz falou ao sobre o seu papel na trama e o atual momento de sua carreira.

Brice será a sua personagem na novela, uma mulher fria, sedutora e que não pensa duas vezes antes de usar todos os meios à sua disposição para alcançar seus objetivos. "Ela não é muito humana, ri das pessoas que sofrem, é bastante irônica", definiu Bia. E deu uma dica: Brice marcará presença na novela se envolvendo com o rei Rodolfo (personagem de Johnny Massaro).

Essa personagem representa uma diferença brusca para o papel anterior da atriz. Ao longo de 2017, ela fez o papel da irmã Cecília, uma freira na novela "Carinha de Anjo", do SBT. As gravações acabaram em outubro do mesmo ano, mas a novela deve continuar no ar até o primeiro semestre de 2018.

"Eu acho que é muito legal fazer o que eu faço justamente por isso, abranger personagens diferentes em tão pouco tempo", falou E foi um período curto mesmo para adaptação. A atriz revelou que teve por volta de três dias entre a proposta de trabalho e o início da gravação de suas cenas.

"Deus Salve o Rei" se destacou principalmente pelos cenário e figurino com temática medieval. Bia não poupou elogios ao trabalho de edição e efeitos visuais e falou que essa parte técnica agrega valor à novela. "É uma equipe muito grande e cuidadosa. Ver essa magia acontecendo no ar é muito legal e eu fico bastante impressionada. Dá muita qualidade para a novela", disse.

Sobre as maiores dificuldades do papel, falou de apenas dois desafios. Um deles são os diálogos, já que os personagens possuem falas maiores e as palavras não são abreviadas como é comum fazermos atualmente ao nos comunicarmos. O outro desafio é algo que já imaginávamos: "A gente fica com muito calor com aquelas roupas medievais", contou.

Bia é formada em ciências políticas e considera que essa formação lhe ajuda muito na criação de seus personagens. "A ciência política é o estudo do indivíduo e eu acho legal porque a gente acaba conhecendo o humano. É importante ter essa formação mais próxima da filosofia e da sociologia porque eu acabo compreendendo e defendendo a possibilidade dos questionamentos e dos defeitos de cada personagem", afirmou.

Atualmente, a atriz está nas telas e também nos palcos. Ela participa do elenco de "Leo e Bia", peça escrita pelo músico Oswaldo Montenegro que conta a história de seu grupo de teatro surgido na década de 1970. Perguntada se prefere trabalhar na TV ou no teatro, disse não ter preferência porque visualiza o lado positivo de ambos.

"São linguagens diferentes. No teatro você tem uma dedicação corporal diferente, resposta imediata do público, mas também não há a possibilidade do erro. Já a televisão atinge um número maior de pessoas, até mesmo internacionalmente. Então ambos têm seu lado especial", explicou.

Loading...
Revisa el siguiente artículo