Surpresa da Netflix, série mescla humor e psicopatia

Por Metro Brasília

O argumento da série “The End of The F***ing World” se apoia em James (Alex Lawther, de “Black Mirror”), um jovem psicopata que, cansado de matar animais em seu quintal, decide procurar uma pessoa para assassinar. É difícil, portanto, imaginar que se trate de uma comédia e, ainda mais, divertida.

Disponível na Netflix, a série é protagonizada pelo rapaz e sua suposta vítima, Alyssa (Jessica Barden), que se revela uma garota muito mais corajosa (e perversa) do que ele.

Em oito episódios com cerca de 20 minutos cada, a produção convida o espectador para acompanhar a viagem que os personagens fazem pelo interior da Inglaterra. A cada aventura, James adia o plano de matar Alyssa e, juntos, eles vão descobrindo alguns fios de esperança neste mundo que ambos aparentemente odeiam.

A trama é baseada na graphic novel de mesmo nome escrita por Charles Forsman, ainda sem edição no Brasil.

“The End of The F***ing World” entrou em cartaz timidamente no serviço de streaming, no início do ano, e, desde então, coleciona fãs e boas críticas da imprensa.

Também pudera, já que, além da trama ousada, a série apresenta também estética elaborada, trilha sonora de alto nível e interpretações curiosamente expressivas de Lawther e Barden, mesmo que eles vivam personagens que se proclamam imunes a emoções.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo