Calendário de livros 2018: confira quando os lançamentos chegam às estantes

Por Metro Jornal São Paulo

Limpe os óculos. O selecionou as principais previsões de lançamentos de editoras brasileiras neste. Destacam-se biografias de grandes nomes do entretenimento, memórias de casos policiais e o retorno de alguns.

As datas de lançamento podem mudar ao longo do ano

JANEIRO

Todo Dia a Mesma Noite”, de Daniela Arbex. (Editora Intrínseca) – A autora de “Holocausto Brasileiro” analisa o incêndio da Boate Kiss, que deixou 242 mortos, em Santa Maria (RS), em 2013.

“O Deus Dinheiro”, de Maguma. (Editora Boitempo) – Celebrando o bicentenário de Karl Marx, o livro explica as ideias do filósofo alemão para as crianças. 

FEVEREIRO

“O Que o Sol Faz com as Flores”, de Rupi Kaur. (Editora Planeta) – A autora de “Outros Jeitos de Usar a Boca”, best-seller de poesia no Brasil em 2017, retorna com textos sobre o amadurecimento. 

“(…) Pense nas
flores que você
planta a cada ano no jardim.
Elas nos ensinam
que as pessoas
também murcham,
aem, criam raiz,
crescem para
florescer no final.”

“A Forma da Água”, de Guillermo del Toro e Daniel Kraus. (Editora Intrínseca) – O livro expande o universo mítico do filme premiado em Cannes e promessa para o Oscar. 

MARÇO

“O Pior dos Crimes:
A História do Assassinato de Isabella Nardoni”
, de Rogério Pagnan. (Editora Record) – O crime que completa dez anos em 2018 é dissecado pelo jornalista. 

“Cuide dos Pais Antes que Seja Tarde”, de Fabrício Carpinejar (Editora Bertrand) – Neste novo livro de crônicas, o autor escreve sobre o envelhecimento e a relação com os filhos. 

ABRIL

“Bom Menino”, de Antonio Prata. (Companhia das Letras) – O autor se volta aos adolescentes com crônicas inéditas no estilo de seu livro “Nu, de botas” (2012).

MAIO

“Últimas Testemunhas”, de Svetlana Alexievich. (Companhia das Letras) – A ganhadora do Nobel em 2015 recria em primeira pessoa depoimentos de órfãos da Segunda Guerra.

"O meu pai viu‑nos e

(tenho‑o bem presente

na memória) levou as

mãos à cabeça

e pôs‑se a correr.

Tinha medo de olhar

para trás.”

JUNHO

“Memórias”, de Fernanda Montenegro. (Companhia das Letras – Aos 89 anos, a atriz faz uma autobiografia sobre suas conquistas profissionais, como o Emmy (na foto), em 2013.

Fernanda tem 89 anos, sendo 72 de carreira, e 70 peças no currículo

JULHO

“4321”, de Paul Auster. (Companhia das Letras) – O autor volta às livrarias depois de dez anos com quatro livros de uma vez. As mil páginas narram a vida de um americano.

“Elza Soares”, de Zeca Camargo. (Editora LeYa) – A cantora prometeu falar para o jornalista até de assuntos tabu, como as agressões que sofreu de Garrincha, nesta biografia.

Zeca adiantou que o livro não terá uma ordem cronológica. “A  vida dela é mais um zigue-zague do que uma linha reta”, disse.

AGOSTO

“21 Lições Para o  século 21”, de Yuval Noah Harari. (Companhia das Letras) – O professor israelense de história, autor do sucesso “Homo Deus”, promete tratar do terrorismo às fake news.

"Reunião de Contos", de Lygia Fagundes Telles. (Companhia das Letras- – Última indicada do Brasil ao Nobel, a autora nonagenária terá publicada uma coletânea de seus melhores textos.

SETEMBRO

“A Transparência do Tempo”, de Leonardo Padura (Editora Boitempo) – O escritor policial cubano retorna com seu personagem Mario Conde para novas investigações.

O livro conta a saga de uma estátua medieval valiosa que vai parar em Cuba – e é narrado em parte pela própria escultura.

OUTUBRO

“Daniel Filho: Sorria, Você está Sendo Filmado”, de Regina Zappa. (Editora Record) – O livro, que será publicado no segundo semestre, reúne memórias de um dos mais famosos diretores teatrais do país.

Filho de cantor de bolero com bailarina acrobática, Daniel Filho foi dublê de lanterninha, bilheteiro de cinema e figurante em teatro de revista antes de se tornar ator e diretor.

NOVEMBRO

“The Way of Kings”, de Brandon Sanderson. (Editora LeYa) – A saga de fantasia sobre a guerra de dois reinos é a história mais vendida nos EUA desde 2010 e sairá, enfim, no Brasil em algum momento no segundo semestre.

DEZEMBRO

“The Book of Swords” (1) e “Santuário dos Ventos”, (2) de George R. R. Martin. (Editora LeYa) – O criador “Game of Thrones” terá publicados um livro de contos (1) e a tradução de um romance de 1981 (2). Não há data precisa para os lançamentos.

O conto inédito “Os Filhos do Dragão” falará do passado da Casa Targaryen e das guerras familiares que se espalharam pela história de Westeros. 

E “Canção de Gelo e Fogo”? Prometido desde 2012, o novo livro da série, “Ventos do Inverno”, atrasou de novo. Estava previsto para este ano, mas não há confirmação.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo