Diretor do Balé de Nova York deixa cargo após denúncias de assédio

Por Ansa
Reprodução/Instagram
Diretor do Balé de Nova York deixa cargo após denúncias de assédio

O diretor artístico do Balé de Nova York, Peter Martins, anunciou nesta terça-feira (2) que está deixando o comando da companhia que liderava desde 1989. O líder é alvo de diversas acusações de assédio sexual e informou que "vai provar sua inocência" sobre o caso.

"Neguei, e sigo negando que tive esse tipo de conduta", escreveu em uma parte de um artigo publicado no jornal "The New York Times". Ele ainda informou que havia comunicado sobre sua decisão o conselho administrativo, que aceitou a "aposentadoria" dele.

Ele estava suspenso de suas funções no Balé desde o dia 9 de dezembro, quando surgiu a primeira denúncia. Desde então, outros cinco bailarinos fizeram acusações contra Martins que vão desde abusos verbais até danos físicos.

Mesmo com sua saída, uma investigação independente da entidade continuará recolhendo relatos.

Martins entrou na companhia em 1967, como dançarino, e desde 1983 atuou em diversas funções da administração de um dos Balés mais prestigiados do mundo.

Loading...
Revisa el siguiente artículo