Show em tributo a Elza Soares reabre Auditório do Memorial da América Latina

Por Metro Jornal

Casa de shows antológicos, como os de Mercedes Sosa, Astor Piazzolla e Tom Jobim, o Auditório Simón Bolívar, que integra o Memorial da América Latina, está pronto para continuar fazendo história no calendário cultural de São Paulo.

Após ter cerca de 90% de sua estrutura destruída em um incêndio, em dezembro de 2013, o espaço projetado por Oscar Niemeyer passou por uma reforma ao custo de R$ 41,4 milhões e volta, enfim, a receber espetáculos de música, dança, teatro, óperas e seminários.

Leia mais:
Lady Gaga mudará de nome para seu próximo projeto
Madonna e Miley Cyrus quase lançaram parceria icônica; ouça

A reabertura acontece neste sábado (26), às 21h, com o show “Jazz & Divas – Uma Homenagem a Elza Soares”, pensado especialmente para a ocasião.

Nele, a Orquestra Jazz Sinfônica faz o acompanhamento instrumental de músicas da carreira da Pérola Negra, que serão entoadas por cantoras convidadas. Cada uma delas retrata uma das fases marcantes da trajetória de Elza.

Baby do Brasil defende a vertente da cantora embalada por “scat singings”, como são chamadas as improvisações onomatopéicas no universo musical. Sandra de Sá representa a força da voz e a militância de Elza em prol da causa negra. Paula Lima acrescenta a ginga da MPB à equação, enquanto Rosana e Vânia Bastos trazem, respectivamente, um misto de pop e jazz e de samba ao show.

Já Liniker e As Bahias e a Cozinha Mineira evocam a diversidade no canto-protesto de Elza Soares, que também solta a voz no evento.

O Memorial promete divulgar em breve a programação que ocupará o espaço nos próximos meses.

cantoras - memorial da américa latina

Serviço:
No Memorial da América Latina (av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda). Neste sábado (16), às 21h. De R$ 80 a R$ 140.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo