Gary Oldman gastou 20 mil dólares em charutos para interpretar Winston Churchill

Por Metro Jornal

Aclamado pela crítica, o ator Gary Oldman se entregou tanto ao papel de Winston Churchill – no novo filme "O Destino de uma Nação" – que chegou a ficar doente de tanto fumar.

Segundo uma matéria do "The Hollywood Reporter", ele gastou US$ 20 mil (cerca de R$ 66 mil) em charutos para ficar mais próximo do estilo de vida do primeiro ministro britânico. Durante a produção, teriam sido comprados ao menos 400 unidades do charuto Romeo y Julieta Cubans, a marca favorita de Churchill.

Leia mais:
Disney acerta compra de parte da Fox por US$52,4 bilhões em ações
Documentário sobre a vida e a carreira de David Bowie ganha novo trailer

“Eu fiquei muito doente por causa da nicotina. Mas é o Winston Churchill. Não existe Winston Churchill sem cigarros”, afirmou Gary Oldman.

Segundo o ator, cada vez que um charuto acabava, a produção o reabastecia com outro, com isso ele nunca ficava sem fumar no set da produção.

Na trama de "O Destino de Uma Nação", que estreia em 11 de janeiro de 2018 no Brasil, Churchill precisa escolher entre firmar um acordo de paz com a Alemanha nazista ou continuar lutando pela liberdade de sua nação pouco antes antes de assumir como primeiro-ministro da Inglaterra.

Dirigido por Joe Wright, com roteiro de Anthony McCarten, o filme também conta com Stephen Dillane, John Hurt, Lily James, Ben Mendelsohn e Kristin Scott Thomas.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo