Star Wars: Leia vai liderar resistência em último filme de Carrie Fisher na saga

Por Reuters
Reprodução
Star Wars: Leia vai liderar resistência em último filme de Carrie Fisher na saga

O desempenho final de Carrie Fisher como a Princesa Leia em “Star Wars” coloca a personagem na linha de frente em um novo capítulo sombrio que chega este mês aos cinemas, deixando um buraco galáctico a ser preenchido após a súbita morte da atriz há um ano.

Fisher filmou todas as suas cenas para “Star Wars: Os Últimos Jedi”, o oitavo filme da saga espacial, antes de morrer de um ataque cardíaco em dezembro de 2016.

“Ela é insubstituível”, disse Mark Hamill, que interpreta Luke Skywalker, à Reuters. “’Star Wars’ é sobre grandes triunfos e tragédias, e não consigo pensar em uma tragédia maior do que perder nossa Leia”, disse Hamill à Reuters.

Leia mais:
Star Wars: Novo vídeo mostra bastidores do treinamento de Daisy Ridley

Astro de Star Wars, John Boyega arrasa em imitação de Michael Jackson

O escritor e diretor Rian Johnson disse que não mudou a história de Leia em “Os Últimos Jedi” após sua morte. O filme estreia nos cinemas em 14 de dezembro.

Caberá aos produtores do filme de 2019 “Episódio IX” decidir o destino final da personagem, visto pela primeira vez como a princesa no filme original “Guerra nas Estrelas” de 1977, acrescentou Johnson.

“Em ’Os Últimos Jedi’, não nos adaptamos para ser uma despedida a ela”, disse Johnson. “Mas acho que há momentos que realmente significarão muito para os fãs. Você verá mais de Leia do que jamais visto.”

Espera-se impulsionar ainda mais a febre da franquia, agora de propriedade da Walt Disney, com a aparição final de Fischer no filme. “Os Últimos Jedi” deverá levantar entre 185 e 215 milhões de dólares no primeiro final de semana, e deverá ser uma das maiores estreias da história.

Tanto o elenco quanto o diretor forneceram poucos detalhes sobre o enredo do filme. John Boyega, que interpreta o ex- stormtrooper Finn, disse que Leia, agora uma general, lidera a resistência contra a maligna Primeira Ordem em um período de tensão na batalha para proteger a distante galáxia.

”Há muita pressão sobre a resistência e a general Leia está na linha de frente, tendo que tomar grandes decisões”, afirmou Boyega. “É uma performance que requer uma abordagem sincera, e ela definitivamente teve isso. ”

Oscar Isaac, que interpreta Poe Dameron, piloto da Resistência, disse que o tempo na vida de Leia refletia Fisher de certa forma.

Leia entendia que “não estaria por aqui para sempre, e há uma passagem da tocha que precisa acontecer”, disse Isaac. “Ela quer dar o máximo de sua sabedoria antes que este momento chegue.”

De acordo com Hamill, Fisher não gostaria que os fãs ficassem muito sentimentais.

“Eu a conhecia muito bem para dizer que ela iria preferir que estivéssemos rindo e até zombando dela”, disse Hamill.

“Ela era irreverente, cínica e estava amargamente engraçada e cáustica e todas essas coisas. Mas sempre foi uma pessoa divertida”, acrescentou.

Loading...
Revisa el siguiente artículo