Espaço Ademar Guerra passa por revitalização e reabre com espetáculo Pequenas Certezas

Por Metro Jornal São Paulo
Espaço Cênico poderá receber no futuro até três nichos cênicos - Edson Kumasaka/Divulgação
Espaço Ademar Guerra passa por revitalização e reabre com espetáculo Pequenas Certezas

Localizado no porão do Centro Cultural São Paulo, o Espaço Cênico Ademar Guerra é um dos cantos mais queridos das artes cênicas. Criado em 1994 e inaugurado em 1998, lá passaram grandes nomes, como Camila Pitanga, Marco Ricca, Balé da Cidade de São Paulo, Walderez de Barros, Cacá Carvalho, entre tantos outros, além de memoráveis mostras de repertório de companhias como Cemitério de Automóveis, Parlapatões, Patifes e Paspalhões, Cia. Do Latão, e por aí vai.

Em 2014 o local foi interditado para reformas estruturais, mas após idas e vindas e três anos de porta fechada, o Porão teve seu sistema de iluminação cênica reformado e, enfim, volta a receber um espetáculo.

A reabertura do local fica à cargo da peça inédita “Pequenas Certezas”, primeira obra da dramaturga mexicana Bárbara Colio, de 2004, e dirigida por Fernanda D’Umbra.

É nesse local de 1.200m2 e cheio de possibilidades que a diretora se encanta. “Como o espetáculo foi montado para reabertura do Espaço Cênico, ele privilegia esta arquitetura peculiar, com tantas possibilidades de criação em sua estrutura. O texto traz a história de alguém que sumiu e os conflitos das pessoas que o buscam – o que casa com a amplidão da sala. Ali as personagens se perdem e se encontram”, explica.

O espaço pode ser usado de múltiplas formas e disciplinas. A reforma do Porão prevê a abertura de três nichos cênicos – não simultâneos, já que o som pode vazar –, com capacidade para receber entre 70 e 100 espectadores cada e programação de terça a domingo. Porém, ainda não há previsão de abertura completa do local.

As mudanças incluem a aquisição de grelhas cênicas – dispositivo onde são fixados os refletores –, novas arquibancadas, cadeiras e vestimenta cênica.

Serviço:

“Pequenas Certezas”, no Centro Cultural São Paulo (r. Vergueiro, 1000. Tel.: 3397-4002. Estreia nesta sexta-feira (30). Qui., sex. e sáb., às 21h; dom., às 20h. R$ 20. Até 17/12.

Loading...
Revisa el siguiente artículo