Com mais de 65 mil pinturas, 'Com Amor, Van Gogh' estreia nesta quinta

Por Metro Jornal
Cada cena do filme teve cerca de 12 pinturas - Divulgação
Com mais de 65 mil pinturas, 'Com Amor, Van Gogh' estreia nesta quinta

“Com Amor, Van Gogh”, que estreia nesta quinta-feira (30), é certamente um dos longas mais aguardados do ano. Produzido há seis anos pelos diretores Dorota Kobiela e Hugh Welchman, ele retrata os últimos dias do artista holandês em uma animação que reproduzisse o estilo de pintura impressionista dele, em telas feitas manualmente, com tinta óleo.

O esforço reuniu cerca de cem pintores, vindos de países como Índia, Austrália e Estados Unidos, selecionados entre 5 mil inscritos. Eles produziram 65 mil imagens que evocam 120 quadros do artista. Animados, eles geram as cenas do filme, no qual uma cena simples demorou até três meses para ficar pronta e cada segundo é composto por ao menos 12 telas.  

Elas foram criada a partir de um processo que envolveu, inicialmente, a gravação dos diálogos com atores, como Chris O’Dowd e Saoirse Ronan, em cenários de fundo infinito. Esses registros serviram de base para os pintores, que trabalharam em salas isoladas, com projetores. Depois de prontas, as obras eram fotografadas e, em seguida, editadas juntamente para criar a sensação de movimento de cada sequência.

A obra foi concebida a partir das obras do holandês e das cartas deixadas por ele para seu irmão, Theo. 

Loading...
Revisa el siguiente artículo