Chefe de criação da Pixar se afasta após queixas de assédio sexual

Por Ansa
Reprodução
Chefe de criação da Pixar se afasta após queixas de assédio sexual

O diretor de criação da Pixar e dos estúdios da Disney, John Lasseter, anunciou que se afastará de seu cargo por seis meses. A decisão vem após ele admitir "erros" comportamentais que teriam levado a situações de assédio sexual.

Ele é considerado um das principais forças criativas, uma figura lendária que iniciou sua carreira como desenhista de animações e foi diretor de "Toy Story" e "Vida de Inseto".

Em um memorando obtido e divulgado pelo site "Hollywood Reporter", Lasseter, de 60 anos, disse que está deixando seu cargo para um período sabático.

"Não é fácil afrontar os próprios erros, mas é o único modo para aprender a lição. Foi chamada minha atenção ao fato de que faltei com o respeito. Não era minha intenção", disse Lasseter, referindo-se a "qualquer um que tenha sido alvo de um abraço não solicitado ou outro gesto que tenha ultrapassado limites".

"Não importa o quão benignas tenham sido minhas intenções, todos têm o direito de estabelecer seus próprios limites e tê-los respeitados", disse na carta que circulou pela empresa.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo