Com Renata Sorrah, ‘Preto’ discute trato com diferenças e coexistência

Por Metro Jornal São Paulo
Peça está em cartaz no Sesc Campo Limpo - Divulgação
Com Renata Sorrah, ‘Preto’ discute trato com diferenças e coexistência

Derivada de um projeto em que a Companhia Brasileira de Teatro percorreu o país, “Preto”, que está em cartaz no Sesc Campo Limpo (r. Nossa Sra. do Bom Conselho, 120, Santo Amaro, tel.: 5510-2700; de qui. a sáb., às 20h; dom., às 18h; R$ 30; até 17/12) busca investigar o que gera a recusa das diferenças na  sociedade para propor formas possíveis de reação artística a essa realidade.

Com Cássia Damasceno, Felipe Soares, Grace Passô, Nadja Naira, Renata Sorrah e Rodrigo Bolzan no elenco, a peça parte de uma fala pública de uma mulher negra, a partir da qual os atores se desdobram para criar novos significados e tentativas de diálogos.

Dirigida por Marcio Abreu, “Preto” busca expandir, através da arte, as percepções sobre o outro e sobre os espaços de convivência. 

Loading...
Revisa el siguiente artículo