Em Dilúvio, Gerald Thomas busca reflexão na era do excesso de informação

Por Metro Jornal São Paulo
Dilúvio ganha sessões no Sesc Consolação - Divulgação
Em Dilúvio, Gerald Thomas busca reflexão na era do excesso de informação

Quatro atrizes e duas performers nova-iorquinas – no caso, Maria de Lima, Ana Gabi, Beatrice Sayd e Isabella Lemos – compõem o elenco de “Dilúvio”, que estreia neste sábado (11) no Sesc Consolação (r. dr. Vila Nova, 245, tel.: 3234-3000; de qui. a sáb., às 21h; dom., às 18h; R$ 40; até 17/12).

Na peça, Gerald Thomas busca provocar uma reflexão sobre o excesso de informação atual, com a onda de notícias falsas, ao retratá-lo com ares apocalípticos.

Sem apresentar exatamente uma história, o diretor provoca imagens em torno de uma “Santa DesGoogle das DesGraças”, que busca salvar a informação do mundo num oásis imaginário, empilhada em escombros.

O trabalho se vale de coreografias aéreas de Lisa Giobbi. Já Julia Wilkins atua como coreógrafa associada.

Loading...
Revisa el siguiente artículo