Conhecido por seu repertório leve e com clima de praia, Jack Johnson volta a SP

Por José Barreto/Metro Internacional
Getty Images
Conhecido por seu repertório leve e com clima de praia, Jack Johnson volta a SP

Dono de sucessos como “Upside Down”, “Flake” e “Sitting, Waiting, Wishing”, o cantor havaiano de 42 anos volta nesta terça-feira (7) a São Paulo para apresentar não só seus hits, mas faixas do novo álbum “All the Light Above It Too”, lançado em setembro.

O que mudou na sua vida nos últimos três anos?
A gravação de “All the Light Above It Too” (2007) foi o que me aconteceu de mais emocionante. Também visitei o mundo e curti minha família e meus amigos como sempre.

Quais são seus lugares favoritos no mundo?
Há muitos lugares fantásticos, mas meu favorito é aquele onde estão minha família e meus amigos, minha casa e a companhia de quem amo.

Conte-os um pouco sobre seu curta-metragem “The Smog of the Sea” (2017).
Fiz esse documentário para conscientizar a população sobre a contaminação do mar com plástico. Ele vai além de mostrar uma montanha flutuante de lixo. O plástico está em todas as partes e está se desintegrando no mar, soltando partículas que estão sendo ingeridas diariamente por milhões de organismos vivos através da água.

Como você descreveria o mundo que vivemos?
É caótico. A única coisa que podemos fazer é seguir de forma positiva. Todos gostariam de mudar o mundo da noite para o dia, mas, sendo pessoas melhores, já fazemos muito na missão de não perder valores necessários para seguir fazendo as coisas bem.

Em outra entrevista, você disse ter problemas para entrar no estúdio quando as ondas estão boas…
Esse não é um problema em si, mas gosto tanto dessas duas coisas que gostaria de poder surfar e fazer música ao mesmo tempo.

É difícil balancear essas suas duas paixões?
Sim, de certo modo, mas essas paixões nunca interferiram uma na outra. Cada uma tem um tempo independente na minha vida. São duas coisas que me deram as melhores recordações. Não poderia dizer que uma é mais forte que outra.

Serviço:
No Espaço das Américas (r. Tagipuru, 795, Barra Funda, tel.: 2027-0777). Nesta terça-feira (7), às 22h. De R$ 240 a R$ 460.

Loading...
Revisa el siguiente artículo