'Pensei que eu era assexual', diz Kelly Clarkson sobre antes de conhecer o marido

Por Estadão Conteúdo
Rick Diamond/Getty Images for Music Business Association
'Pensei que eu era assexual', diz Kelly Clarkson sobre antes de conhecer o marido

Durante um show privado em Nova York na última sexta-feira, 3, Kelly Clarkson confessou que nunca tinha se sentido atraída por alguém antes do marido, Brandon Blackstock, e que pensava ser assexual.

"Esse não é um castigo para ninguém com quem namorei antes dele, mas vou ser sincera: honestamente, nunca me senti sexualmente atraída por qualquer pessoa antes dele", disse a cantora de 35 anos.

"Eu não estou rebaixando os meus ex-relacionamentos. Todo mundo é diferente, mas tinha algo nele", declarou. Ela ainda disse que pensava ser assexual (pessoa que não tem uma sexualidade orientada, não sente atração sexual nem necessidade de fazer sexo). "Sinceramente, pensei que era assexual. Eu nunca tinha sido despertada dessa maneira em toda a minha vida", disse.

Kelly e Blackstock, que se casaram em 2013, se encontraram pela primeira vez em 2006 durante um ensaio para o Academy of Country Music Award, onde ela fazia um dueto com Rascal Flatts. Blackstock era o gerente de turnê do grupo country na época.

"A esposa do meu guitarrista, Ashley, era minha companhia naquela noite e nós duas tínhamos estado em relacionamentos ruins. Às vezes, é muito chato namorar porque há tantas pessoas erradas até que você encontre a correta", disse.

Enquanto conversava com a amiga, o futuro marido de Kelly passou por ela e despertou nela. Mas nada aconteceu ali e eles só se viram novamente em 2012, no Super Bowl em que ela cantava o hino nacional e ele estava como empresário do cantor Blake Shelton.

Kelly diz que queria se sair muito bem na apresentação para impressioná-lo. Mas não era bem isso que ela demonstrava. "Ele achava que eu o odiava. Quando eu finalmente confessei 'eu gosto mesmo de você', ele ficou surpreso. Eu nunca deixei claro isso. Por dentro, eu estava 'me convide para sair', mas por fora eu estava 'eu amo ser solteira e ir para casa sozinha todas as noites"", disse a cantora.

Ela aconselha a enteada Savannah, de 16 anos, a esperar "até que sinta aqueles arrepios". "É difícil encontrar esse sentimento, mas se não tiver, não vale a pena", conta.

Loading...
Revisa el siguiente artículo