Cresce especulação sobre Bond mulher após escolha de primeira atriz para viver Doctor Who

Por Tercio Braga
Gillian Anderson ficou conhecida no Brasil com a Dana Scully de "Arquivo X"/Jeff Spicer/Getty Images
Cresce especulação sobre Bond mulher após escolha de primeira atriz para viver Doctor Who

Com a escolha de uma mulher para interpretar o papel do personagem televisivo de ficção científica Doctor Who pela primeira vez em 54 anos, aumentaram as probabilidades nas casas de apostas britânicas de uma atriz assumir outro dos mais famosos personagens fictícios masculinos, James Bond.

Embora fãs de Doctor Who tenham ficado divididos sobre Jodie Whittaker, de 35 anos, se tornar a primeira Senhora do Tempo, apostadores disseram que isso pode ser um sinal de mudanças mais amplas para o futuro.

Duas importantes casas de apostas aumentaram as chances de uma mulher Bond, com Gillian Anderson, mais conhecida por seu papel na série “Arquivo X”, como favorita entre os apostadores.

A William Hill aumentou as chances de uma Bond mulher de 20/1 para 12/1, enquanto a Ladbrokes aumentou de 12/1 para 10/1. Gillian, de 48 anos, era a favorita para o papel com 16/1 na Paddy Power e 33/1 na William Hill.

“Jodie Whittaker conseguindo o consentimento é exatamente o que o doutor ordenou e não há dúvidas de que isso motivou muita especulação sobre se o próximo papel do James Bond vai para uma mulher”, disse o porta-voz da Paddy Power, Lewis Davey, à Thomson Reuters Foundation.

“Nós certamente fomos mexidos pelas notícias e já aumentamos significativamente as chances da estrela de ‘Arquivo X’ Gillian Anderson ser o 007”.

Loading...
Revisa el siguiente artículo