Cultura & Diversão

Parada Gay, festa junina e muito mais na agenda cultural do Metro Jornal. Confira!

Por Wanise Martinez

Veja mais atrações desta sexta-feira (16) e do fim de semana em São Paulo:

 

 

Cidadão Instigado Cidadão Instigado / Divulgação

SHOW
Cidadão Instigado. A banda cearense faz dois shows comemorativos pelos seus 20 anos e vai apresentar músicas de seus quatro discos. No Sesc Pompeia (r. Clélia, 93; tel.: 3871-7700). Nesta sexta-feira (16) e sábado (17), às 21h30. R$ 30.

Vitoru Kinjo. O cantor, compositor, e pesquisador nipo-brasileiro apresenta seu tropicalismo asiático-brasileiro no lançamento de seu primeiro disco, “Kinjo”. No Al Janiah (r. Rui Barbosa, 269, Bixiga; tel.: 98392-9246). Neste sábado (17), a partir das 18h. R$ 10.

Armandinho e Hamilton de Holanda. Os músicos apresentam suas composições cheias de guitarras baianas e bandolins. No Teatro Safra (r. Josef Kryss, 318, Barra Funda; tel.: 3611-3042). Neste sábado (17), às 21h30. De R$ 50 a R$ 100.

NX Zero. A banda paulistana de hardcore faz show de gravação do DVD “Norte”, que comemora os 16 anos de carreira do grupo e o fim da turnê. No Audio Clube (av. Francisco Matarazzo, 694, Água Branca; tel.: 2027-0777). Nesta sexta-feira (16), às 22h. R$ 120.

Zé Ramalho. O artista vai cantar sucessos da carreira de forma elétrica e também acústica, divulgadas no seu mais recente projeto, o disco “Voz e Violão” (2016). No Espaço das Américas (r. Tagipuru, 795, Barra Funda; tel.: 2027-0777). Neste sábado (17), às 20h30. De R$ 120 a R$ 250.

 

CONCERTO
Joias Brasileiras em Cordas. Sob regência de Muriel Waldman com participação de Celina Charlier na flauta transversal, a Orquestra de Cordas Laetare apresenta um repertório especial com obras de Antonio Ribeiro, Chiquinha Gonzaga, Claudio Santoro, Francisco Mignone, Glauco Velasquez, Henrique Osvald, Osvaldo Lacerda e Silvia de Lucca. No Centro de Música Brasileira (CMB) / Sala Cultura Inglesa do Centro Brasileiro Britânico. (r. Ferreira de Araújo, 741, Pinheiros; tel.: 3039 0500). Neste sábado (17), às 20h. Grátis.

TEATRO
‘Patética’. Escrita em 1976, a peça reflete sobre as circunstâncias e o assassinato do jornalista Vladimir Herzog, morto nos porões da ditadura, em 1975. No Teatro Flávio Império (r. prof. Alves Pedroso, 600, Cangaíba; tel.: 2621-2719). Sáb. e dom., às 17h. Também dias 28, 29 e  30/7. Grátis.

Cora, doce poesia Peça "Cora, doce poesia" / Michel Igielka/Divulgação

‘Cora, doce Poesia’. Escrita em homenagem à escritora Cora Coralina, a peça infantil do Núcleo Cabolinhas conta a história de Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, “poetisa por dom, doceira por profissão”. Na montagem teatral, as atrizes vão desempenhando o papel das várias Anas ao longo de sua vida. As músicas, compostas especialmente para a peça, vão estabelecendo um jogo poético, misturando realidade e fantasia, e remontando os lugares e a simplicidade da vida de Cora, e ainda, sua determinação e valores da mulher à frente do seu tempo. No Sesc Pinheiros (r. Paes Leme, 195; tel.: 3095-9400). Aos domingos e feriados, às 15h e às 17h. R$ 17. Até 16/7.

Loading...
Revisa el siguiente artículo