Festival americano de música eletrônica estreia edição brasileira

Por admin

Dominado pelos europeus, o mercado de música eletrônica também tem suas forças nos Estados Unidos. A prova disso é o festival Electric Zoo, que promete reunir 20 mil pessoas em sua primeira edição brasileira, que acontece nesta sexta-feira (21), no Autódromo de Interlagos.

O nome do evento criado em 2009 remete à identidade visual que ele busca para si, aludindo à mistura de elementos urbanos e tecnológicos com a natureza, em palcos como o King Cobra Stage, no formato de uma serpente gigante inspirada na obra do arquiteto Santiago Calatrava.

Leia também:
Com Strokes sob chuva, Lollapalooza encerra edição com ar eletrônico
‘O importante é fazer o público dançar’, diz David Guetta, que toca em SP

Segundo o diretor criativo do Electric Zoo, a ideia é usar a música e a cenografia para conectar as pessoas com seu “animal interior”.

No line-up desfilam desde nomes mainstream, como o DJ Hardwell, a novidades, como o holandês R3hab.

Cada um dos três palcos disponíveis se dedica a uma vertente eletrônica. O King Cobra se dedica aos artistas mais populares, entre os quais se incluem  KSHMR (Estados Unidos), Alan Walker (Inglaterra), The Jillionaire (Trindade e Tobago) e Elekfantz (Brasil) e Júnior C (Brasil), entre outros.

Já o Awakenings Stage evoca o festival holandês homônimo, voltado à techno music, enquanto o Tree House Stage se volta para artistas nacionais da música underground, como Chemical Surf e Dubdogz.

Serviço:
No Autódromo de Interlagos (av. Sen. Teotônio Vilela, 261, Interlagos). Amanhã, das das 16h às 4h. De R$ 429 a R$ 729. Info: electriczoofestival.com.br.

Loading...
Revisa el siguiente artículo