Filme húngaro ‘On Body and Soul’ vence 67º Festival de Berlim

Por admin

Com uma seleção pouco empolgante, o Festival de Berlim decidiu pulverizar os prêmios de sua 67ª edição, entregues no último sábado (18).

O júri capitaneado por Paul Verhoeven decidiu conceder o Urso de Ouro de melhor filme para o húngaro “On Body and Soul”, da diretora Ildiko Enyedi (foto). Já o Urso de Prata de melhor diretor foi para o finlandês Aki Kaurismäki, antes alçado como um dos favoritos ao prêmio principal por “The Other Side of Hope”.

Leia também:
Filmes sírios levam lágrimas e risos ao Festival de Cinema de Berlim
Drama brasileiro ‘Não Devore Meu Coração’ é selecionado para o Festival de Berlim

O chileno Sebastián Lelio conquistou o prêmio de roteiro por “Una Mujer Fantástica”, enquanto os prêmios de atuação foram destinados ao alemão Georg Friedrich (“Bright Nights”) e à coreana Kim Minhee (“On the Beach at Night Alone”). O Grande Prêmio Especial do Festival  ficou com “Felicité”, do franco-senegalês Alain Gomis.

Já o brasileiro “Joaquim”, de Marcelo Gomes, saiu sem troféus da disputa.

Dos doze títulos nacionais que participaram da Berlinale, apenas um saiu com reconhecimento oficial. “Pendular”, da carioca Júlia Murat, foi eleito o melhor filme da Panorama, a principal mostra paralela do Festival de Berlim, segundo o júri da Federação International de Críticos (Fipresci).

Loading...
Revisa el siguiente artículo