‘Jogos Vorazes’ está de volta para seu terceiro e penúltimo capítulo

Por fabiosaraiva

jogosJ-Law não está de luto pela  recente separação do líder do Coldplay, Chris Martin, mas ela certamente vai sentir falta da saga “Jogos Vorazes”, que estreia nesta quarta-feira seu terceiro e penúltimo capítulo, “A Esperança –Parte 1”.

Aos 24 anos, a jovem admite não ter muito em comum com sua personagem na franquia, a rebelde Katniss Everdeen. “Ela é muito mais corajosa do que eu”, diz a atriz antes de estabelecer uma comparação.

“Mas temos um pequeno paralelo: esses filmes aconteceram antes de minha carreira decolar, então eu entendo como é ser inicialmente apenas um acessório”, afirmou ela em referência à forma como sua personagem é usada como ícone da rebelião contra o sistema tirânico imposto pelo presidente Snow (Donald Sutherland). “As vidas de nós duas estão mudando e mais pessoas estão nos assistindo.” Ela não está errada. A franquia de milhões de dólares já está sendo comparada a sucessos como “Indiana Jones” e “Star Wars”.

Em “A Esperança – Parte 1” não há os “verdadeiros” Jogos Vorazes criados por Suzanne Collins nos livros que inspiram a saga, ou seja, batalhas televisionadas entre jovens gladiadores indicados por cada um dos distritos de Panem.

Agora a heroína Katniss e um sofredor Finnick Odair (Sam Claflin), juntamente com Gale Hawthorne (Liam Hemsworth), Beetee (Jeffrey Wright) e outros, levantam-
se, literalmente, de debaixo da terra (a maior parte do filme se passa em um bunker subterrâneo sem alma) para derrotar Snow.

A líder rebelde, Alma Coin (Julianne Moore), é a antítese do vilão, mas seu rígido regime, que quase contradiz a ideia de liberdade, é tão apático quanto a linha de montagem de uma fábrica soviética. Sua personalidade fria e seu comprometimento total à causa é uma tentativa de borrar as fronteiras entre bom e mau e criar uma área política cinzenta. Funciona até certo ponto, mas não faz você exatamente vibrar para ver a revolta ter sucesso.

Isso abre espaço para Katniss se transformar na garota-propaganda da revolução. Ela também precisa de treinamento de mídia do idealizador-chefe do jogo, Plutarch Heavensbee (Philip Seymour Hoffman), e Haymitch Abernathy (Woody Harrelson), pois, a partir de agora, seus melhores ângulos serão transmitidos ao vivo direto das zonas de guerra para os distritos em apuros de Panem.

Isso não a impede de ter uma agenda pessoal. Katniss está determinada a resgatar o namorado Peeta Mellark (Josh Hutcherson) das mãos da Capital muito a contragosto de seus camaradas.

Todo esse peso torna a garota especial para Lawrence. “Eu não queria ser lembrada por uma personagem, mas me sinto muito orgulhosa desses filmes. Amo a mensagem deles, amo Katniss e estou realmente honrada em levá-la comigo para o resto de minha vida”.

A partir daqui todo o discurso da atriz parece uma pequena cerimônia do Oscar. “Quero que as pessoas se lembrem de mim como essa heroína incrivelmente corajosa e espero que elas a confundam comigo”, conclui.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo