Filmes nacionais que não conseguiram chegar às telas ganham festival

Por fabiosaraiva
Leandra Leal e Mariana Ximenes em ‘O Uivo da Gaita’ | Divulgação Leandra Leal e Mariana Ximenes em ‘O Uivo da Gaita’ | Divulgação

Com o barateamento dos custos de produção audiovisual, ficou bem mais fácil fazer filme no Brasil. O problema, no entanto, é levar o resultado disso ao público.

O Circuito Cinema Inédito Brasileiro visa preencher essa lacuna ao exibir desta quinta até 12/11, no Cine Caixa Belas Artes (r. da Consolação, 2.423), uma seleção de 20 filmes nacionais que não chegaram ao circuito comercial.

Entre os destaques estão “O Uivo da Gaita”, de Bruno Safadi, que reúne Mariana Ximenes e Leandra Leal no papel de duas moças que vivem uma intensa relação às vistas do marido de uma delas (sáb., às 16h), e “Destricted.Br”, polêmico projeto coletivo no qual artistas visuais criaram curtas com temática erótica, cuja sessão será seguida por debate com Lula Buarque de Hollanda, um dos diretores (dom., às 18h30). Os ingressos custam R$ 10.


Confira a programação

Q U I N T A, 3 0 D E O U T U B R O
16h: A Marca do Terrir (80 minutos)
18h30: O Bacanal do Diabo e Outras Fitas Proibidas de Ivan Cardoso (60 minutos) + Encontro com Ivan Cardoso após a sessão – duração 60 minutos.

S E X T A, 31 D E O U T U B R O
16h: Onde Borges tudo Vê (70 minutos)
18h30: O Rio nos Pertence (73 minutos)
23h30: Na Carne e na Alma (81 minutos)

S Á B A D O, 1º D E N O V E M B R O
16h: O Uivo da Gaita (70 minutos)
18h30: Amigos de Risco (88 minutos)
23h30: Vida de Balconista (75 minutos)

D O M I N G O, 2 D E N O V E M B R O
16h: Nenhuma Fórmula para a Contemporânea Visão do Mundo (82 minutos) + Encontro com Luis Alberto Rocha Melo
18h30: Destricted.br (91 minutos) + Encontro com Lula Buarque de Hollanda após a sessão – duração 29 minutos.

S E G U N D A, 3 D E N O V E M B R O
16h: Os Quatro Elementos em Si ou o Guru Selvagem (71 minutos)
18h30: Mar negro (107 minutos)

T E R Ç A , 4 D E N O V E M B R O
16h: Na Carne e na Alma (81 minutos)
18h30: Um Lobisomem na Amazônia (76 minutos)

Q U A R T A , 5 D E N O V E M B R O
16h: As Horas Vulgares (123 minutos)
18h30: São Paulo em Hi-Fi (101 minutos) + Encontro com Lufe Steffen – após a sessão – duração 50 minutos.

Q U I N T A , 6 D E N O V E M B R O
16h: Nenhuma Fórmula para a Contemporânea Visão do Mundo (82 minutos)
18h30: Onde Borges tudo Vê (70 minutos)

S E X T A , 7 D E N O V E M B R O
16h: Um Lobisomem na Amazônia (76 minutos)
18h30: Amigos de Risco (88 minutos)
23h30: Destricted.br (91 minutos)

C i n e m a d e R u a
(Praça da Sé, em frente à CAIXA CULTURAL)
19h: A Volta da Paulicéia Desvairada (95 minutos)

S Á B A D O, 8 D E N O V E M B R O
16h: Vida de Balconista (75 minutos)
18h30: As Horas Vulgares (123 minutos)
23h30: Mar Negro (107 minutos)

C i n e m a d e R u a
(Buraco da Minhoca, Praça Roosevelt)
24h00: A Volta da Paulicéia Desvairada (95 minutos)

DO M I N G O, 9 D E N O V E M B R O
16h: Experiência Colorado (25 minutos) + Rua dos Bobos (39 minutos) + Encontro com André Kaveira e Julia Martins após a sessão – duração 56 minutos.
18h30: Através (105 minutos) + Encontro com André Michiles, Diogo Martins e Fábio Bardella após a sessão – duração 45 minutos.

S E G U N D A , 1 0 D E N O V E M B R O
16h: O Sarcófago Macabro (52 minutos)
18h30: Os Quatro Elementos em Si ou o Guru Selvagem (71 minutos)

T E R Ç A , 11 D E N O V E M B R O
16h: Amigos de Risco (88 minutos)
18h30:: A Volta da Paulicéia Desvairada (95 minutos)

Q U A R T A , 1 2 D E N O V E M B R O
16h: A Marca do Terrir (80 minutos)
18h30: Sessão especial de encerramento: O Sarcófago Macabro (52 minutos) + O Bacanal do Diabo e Outras Fitas Proibidas de Ivan Cardoso (60 minutos)

Fichas Técnicas e Sinopses
A M I G O S  D E  R I S C O, de Daniel Bandeira (Brasil, 2007). Colorido, 88 minutos. Com Irandhir Santos, Ênio Borba, Fleurange Santos, Hissa Hazin. 14 anos. Após anos em fuga, rapaz retorna à cidade de Recife e para celebrar decide partir para uma longa noite com dois amigos. Mas ele sente-se mal e a comemoração transforma-se num pesadelo.

A T R A V É S, de André Michiles, Diogo Martins e Fábio Bardella (Brasil, 2014). Colorido, 107 minutos. Com Cinthia Rodríguez Paredes, Geovanys Federico Vistoste, David Peraza Fernandez. 16 anos. Cuba, 2013: com a revogação da lei que obriga os cubanos a pedirem autorização para viajar ao exterior, Cinthia precisa definir onde pretende viver nos próximos anos.

D E S T R I C T E D . B R, de Adriana Varejão, Dora Longo Bahia, Karim Aïnouz, Janaina Tschäpe, Julião Sarmento, Lula Buarque de Hollanda, Marcos Chaves, Miguel Rio Branco e Tunga. (Brasil, 2010). Colorido, 91 minutos. Com Sasha Grey, Jerusa Franco, Átila Calache. 18 anos. Coletânea de curtas onde artistas plásticos, cineastas e fotógrafos investigam os limites da arte, sexo e pornografia.

E X P E R I Ê N C I A  C O L O R A D O, de Ching Lee (Brasil, 2013). Colorido, 25 minutos. Com Dan Pabllon, Dr. Vincent, Arnould Lewis. 16 anos. Documentário sobre a liberação da maconha no estado americano do Colorado.

A S H O R A S  V U L G A R E S, de Rodrigo de Oliveira e Vitor Graize (Brasil, 2011). Preto e branco, 123 minutos. Com João Gabriel Vasconcellos, Rômulo Braga, Higor Campagnaro. 16 anos. As dúvidas e questionamentos de um jovem pintor e seus amigos numa longa madrugada na cidade de Vitória.

M A R  N E G R O, de Rodrigo Aragão (Brasil, 2013). Colorido, 107 minutos. Com Marcelo Castanheira, Mayra Alarcón, Carol Aragão. 18 anos. Peixes e crustáceos se transformam em horrendas criaturas quando uma contaminação atinge uma pequena vila de pescadores.

N A  C A R N E E  N A  A L M A, de Alberto Salvá (Brasil, 2011). Colorido, 81 minutos. Com Karan Machado, Raquel Maia, Leonor Gottlieb. 18 anos. Rapaz se envolve com várias mulheres até se apaixonar por uma colega de faculdade e descobrir um amor sem limites.

N E N H U M A  F Ó R M U L A  P A R A  A  C O N T E M P O R Â N E A  V I S Ã O  D O  M U N D O, de Luís Alberto Rocha Melo (Brasil, 2011). Colorido, 82 minutos. Com Anna Karinne Ballalai, Roman Stulbach, Otoniel Serra. 14 anos. Depois de se divorciar, jovem escritora resolve se dedicar a vida profissional e envolve-se com personagens excêntricos em São Paulo.

O N D E  B O R G E S  T U D O  V Ê, de Taciano Valério (Brasil, 2012). Preto e branco, 77 minutos. Com Verônica Cavalcanti, Everaldo Pontes, Fabiano Raposo. 14 anos. O rato de estimação Borges – assim chamado em homenagem ao escritor argentino – é a única testemunha de um roubo que planejam contra seu dono, o cego Napoleão.

O S  Q U A T R O  E L E M E N T O S  E M  S I  O U  O  G U R U  S E L V A G E M, de André Martinez (Brasil, 2007). Colorido, 71 minutos. Com Jorge Mautner, Nelson Jacobina. 12 anos. Durante uma viagem de São Paulo a Pirenópolis, interior de Goiás, para a realização de um show, Jorge Mautner discorre sobre teorias holísticas, neurociência, nanotecnologia, candomblé, I-Ching e reafirma sua crença inabalável no Brasil.

O  R I O  N O S  P E R T E N C E, de Ricardo Pretti (Brasil, 2013). Colorido, 73 minutos. Com Leandra Leal, Mariana Ximenes, Jiddu Pinheiro. 14 anos. Após 10 anos longe do Rio de Janeiro, sua cidade natal, Marina recebe um cartão-postal que a faz retornar sem saber claramente os motivos. Mas a cidade parece estar sob um misterioso feitiço e os sonhos começam a se confundir com a realidade.

R U A  D O S  B O B O S, de Julia Martins (Brasil, 2009). Colorido, 39 minutos. Com Mariana Lima, Newton Bicudo, Fernando Caruso. 12 anos. Ella está à procura de um novo lugar para morar e encontra o apartamento dos seus sonhos na Rua dos Bobos. Mas não demora a descobrir que caiu numa armadilha.

S Ã O  P A U L O  E M  H I-F I, de Lufe Steffen (Brasil, 2013). Colorido, 101 minutos. Com João Silvério Trevisan, Leão Lobo, Kaká di Polly. 16 anos. Documentário sobre a noite gay paulistana dos anos 1960, 1970 e 1980, seus personagens e lugares mais famosos.

O  U I V O  D A  G A I T A, de Bruno Safadi (Brasil, 2013). Colorido, 70 minutos. Com Leandra Leal, Mariana Ximenes, Jiddu Pinheiro. 14 anos. Antonia e Luana apaixonam-se e vivem uma relação intensa sob os olhos de Pedro, marido de Antonia.

V I D A  D E  B A L C O N I S T A, de Cavi Borges e Pedro Monteiro (Brasil, 2009). Colorido, 75 minutos. Com Mateus Solano, Gregório Duvivier, Álamo Facó. 12 anos. Jovem trabalha em uma videolocadora e sonha em ser diretor de cinema. Enquanto o plano não se torna realidade, o funcionário precisa lidar com todo tipo de cliente estranho que aparece no estabelecimento.

A  V O L T A  D A  P A U L I C E I A  D E S V A I R A D A, de Lufe Steffen (Brasil, 2012). Colorido, 95 minutos. Com Silvetty Montilla, Salette Campari, André Pomba. 16 anos. Panorama da noite paulistana contemporânea com foco na diversidade sexual dos frequentadores e os principais locais de diversão.

O  B A C A N A L  D O  D I A B O  E  O U T R A S  F I T A S  P R O I B I D A S  D E  I V A N  C A R D O S O, de Ivan Cardoso (Brasil, 2013). Colorido e Preto e Branco, 60 minutos. Com Wilson Grey, Jane Silk, Felipe Falcão. 16 anos. O criador – e único seguidor – do gênero “terrir” faz um segundo longa com o material de seu aparentemente inesgotável baú de filmes caseiros, experimentações, curtas e trechos de películas de outros autores. São registros da colaboração de Cardoso com nomes díspares da nossa cultura como Jackson do Pandeiro, Júlio Medaglia, Torquato Neto e Zé do Caixão.

A  M A R C A  D O  T E R R I R, de Ivan Cardoso (Brasil, 2005). Colorido e Preto e Branco, 80 minutos. Com Gal Costa, José Mojica Marins, Torquato Neto. 14 anos. A partir de um exercício de colagem de trechos de 25 filmes produzidos em Super 8, no final dos anos 1970, é feita uma cinebiografia de Ivan Cardoso.

U M  L O B I S O M E M  N A  A M A Z Ô N I A, de Ivan Cardoso (Brasil, 2005). Colorido, 76 minutos. Com Sidney Magal, Tony Tornado, Orlando Drumond. 18 anos. Imbroglio envolvendo cientistas malucos, belas mulheres-guerreiras, Santo Daime e lobisomens onde a Floresta da Tijuca se faz passar pela Amazônia…

O  S A R C Ó F A G O  M A C A B R O, de Ivan Cardoso (Brasil, 2006). Colorido, 52 minutos. Com Carlo Mossy, Tony Tornado, Wilson Grey. 16 anos. Agente da CIA descobre que durante a Segunda Guerra espiões nazistas viajaram para a América Latina fantasiados de múmias em confortáveis sarcófagos.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo