Filme com filha de Chaplin encerra a 38ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo

Por lyafichmann

Em uma praia paradisíaca da República Dominicana, uma europeia já idosa encontra o amor em uma jovem local mais interessada em aproveitar-se da estrangeira do que em dar-lhe carinho de verdade.

Essa intensa e difícil relação protagonizada por Geraldine Chaplin – filha de Charlie Chaplin (1889-1977) – embala “Dólares de Areia”, dos diretores Israel Cárdenas e Laura Amelia Guzmán, que encerra nesta quarta-feira oficialmente a 38ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, com a presença da atriz, em uma cerimônia fechada para convidados no Cinesesc.

Na ocasião serão apresentados também os vencedores da Competição Novos Diretores e do Troféu Bandeira Paulista nas categorias de melhor ficção e documentário.

Apesar do encerramento formal, a Mostra faz ainda uma exibição especial no sábado, às 20h, na plateia externa do Auditório Ibirapuera, com uma sessão dupla de “Corrida de Automóveis para Meninos” (1914) e “O Circo” (1928), ambos de Chaplin, com trilha sonora executada ao vivo pela Orquestra Experimental de Repertório.

Captura-de-Tela-2014-10-28-às-19.42

Loading...
Revisa el siguiente artículo