Diretor de ‘O Segredo dos Diamantes’ fala sobre sucesso do filme

Por fabiosaraiva
Helvécio Ratton, diretor de Helvécio Ratton, diretor de ‘O Segredo dos Diamantes’

Melhor filme pelo júri popular do último Festival de Gramado, o longa sobre caça ao tesouro tem sessões nesta sexta-feira, às 14h, no Cine Livraria Cultura; dom., às 15h45, na Cinesala Sabesp; e quarta, às 19h30, no Espaço Itaú Frei Caneca.

Como surgiu a trama de “O Segredo dos Diamantes”?
Encontrei um senhor italiano em Diamantina que me contou que buscava uns diamantes a vida inteira. Na verdade, ele fez uma síntese de tudo que eu vi, li e ouvi na infância com as histórias de Monteiro Lobato, Júlio Verne e os gibis do Tio Patinhas. Minha formação tem essa salada pop.

O filme tem uma boa dose de ingenuidade. Como fazer para não passar do ponto?
Eu e o roteirista não pensamos nisso. Para embarcar numa aventura assim é preciso uma dose extra de ingenuidade, como o caso do italiano. O sonho dele era pagar a dívida do Brasil com os diamantes.

Você também fez este filme pensando nos adultos…
A criança sempre vai acompanhada ao cinema. Até hoje acho o cinema para o público infantil muito pobre. Minha proposta sempre é fazer algo com responsabilidade. Além do mais, para cativar este público é fundamental fazer com que fiquem sentados na poltrona. Eles precisam ter interesse em saber o que acontecerá.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo