Mostra no CCBB revela força e ousadia de Marlene Dietrich

Por lyafichmann

São raros os atores que ostentam uma filmografia de títulos dirigidos por entidades como Alfred Hitchcock, Fritz Lang e Orson Welles. Não é à toa que quem obtém o feito também se torna um ícone por si só. Esse é o caso de Marlene Dietrich (1901-1992), que tem sua trajetória relembrada desta quarta-feira a 20 de outubro em uma retrospectiva de 25 filmes sediada no CCBB (r. Álvares Penteado, 112, Centro, tel.: 3113-3651).

Transgressora desde a sua primeira aparição em Hollywood, em que beija uma mulher no filme “Marrocos” (1930), a alemã se tornou ícone da força feminina ao contradizer padrões dos anos 1930 e se vestir com ternos – até então item exclusivo dos armário masculinos.

Ela também apresentava essa força ao se contrapor ao regime nazista de sua terra natal e se naturalizar americana, apoiando as forças militares dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial com a realização de shows para os combatentes.

Foi nesse país que ela trilhou uma prolífica carreira ao lado do diretor austríaco Josef von Sternberg (1894-1969), responsável por seu filme de estreia e outros seis emblemáticos títulos, como “O Anjo Azul” (1930) e “O Expresso de Xangai” (1932). Todos serão exibidos em 35 mm durante a mostra (ingressos a R$ 4).

Os outros filmes, apresentados em Blu-ray ou DVD (ingressos a R$ 2), mostram parcerias com grandes diretores, como Billy Wilder, em “Testemunha de Acusação” (1957), e Raoul Walsh, em “Aquela Mulher” (1941).

A programação abre às 17h com o documentário “Marlene” (1984) e segue às 19h com “O Anjo Azul” em sua versão em inglês.

Programação da mostra “Marlene”

Dia 17/09 – Quarta-feira
17h – Marlene – 94 min, Digital, 1984, 14 anos.
19h – O anjo azul (versão em inglês) – 99 min, Digital, 1930, 12 anos.

Dia 18/09 – Quinta-feira
17h – O expresso de Shangai   – 80 min, 35 mm, 1932, 12 anos.
19h – Mulher satânica – 76 min, 35mm, 1935, Livre.

Dia 19/09 – Sexta-feria
15h30 – Julgamento em Nuremberg – 179 min, Digital, 1961, 16 anos.
19h – A Vênus loira – 93 min, 35mm, 1932, Livre.

Dia 20/09 – Sábado
14h – O jardim de Alá – 79 min, Digital, 1936, Livre.
16h – Marrocos – 91 min, 35mm, 1930, 12 anos.
18h – O diabo feito mulher – 89 min, Digital, 1952, Livre.

Dia 21/09 – Domingo
14h – Anjo – 91 min, Digital, 1937, Livre.
16h – Martin Roumagnac – 115 min, Digital, 1946, 12 anos.
18h – Pavor nos bastidores – 110 min, Digital, 1950, 16 anos.

Dia 22/09 – Segunda-feira
17h – Marrocos – 91 min, 35mm, 1930, 12 anos.
19h – Atire a primeira pedra – 94 min, Digital, 1939, Livre.

Dia 24/09 – Quarta-feira
17h – Mulher satânica – 76 min, 35mm, 1935, Livre.
19h – A imperatriz vermelha – 104 min, 35mm, 1932, 12 anos.

Dia 25/09 – Quinta-feira
17h – A Vênus loira – 93 min, 35mm, 1932, Livre.
19h – Marrocos – 91 min, 35mm, 1930, 12 anos.

Dia 26/09 – Sexta-feira
14h30 – Marlene, sua própria canção – 112 min, Digital, 2004, 12 anos.
17h – A Mundana – 116 min, Digital, 1948, Livre.
19h30 – Testemunha de acusação – 116 min, Digital, 1957, 12 anos.

Dia 27/09 – Sábado
13h30 – A marca da maldade – 115 min, Digital, 1958, 12 anos.
16h – O anjo azul (versão alemã) – 99 min, 35mm, 1930, 12 anos.
18h – Mulher satânica – 76 min, 35mm, 1935, Livre.

Dia 28/09 – Domingo
Não haverá exibições da mostra MARLENE

Dia 29/09 – Segunda-feira
17h – A pecadora – 87 min, Digital, 1940, Livre.
19h – Kismet – 100 min, Digital, 100 min, Livre.

Dia 01/10 – Quarta-feira
17h – Aquela mulher – 103 min, Digital, 1941, Livre.
19h – A marca da maldade – 115 min, Digital, 1958, 12 anos.

Dia 02/10 – Quinta-feira
17h – A imperatriz vermelha – 104 min, 35mm, 1932, 12 anos.
19h – O anjo azul (versão alemã) – 99 min, 35mm, 1930, 12 anos.

Dia 03/10 – Sexta-feira
15h – A pecadora – 87 min, Digital, 1940, Livre.
17h – Anjo – 91 min, Digital, 1937, Livre.
19h – Cigana feiticeira – 95 min, Digital, 1947, Livre.

Dia 04/10 – Sábado
14h – Aquela mulher – 103 min, Digital, 1941, Livre.
16h – O expresso de Shangai   – 80 min, 35 mm, 1932, 12 anos.
18h – Marlene – 94 min, Digital, 1984, 14 anos.

Dia 05/10 – Domingo
14h – Kismet – 100 min, Digital, 100 min, Livre.
16h – A Vênus loira – 93 min, 35mm, 1932, Livre.
18h – Atire a primeira pedra – 94 min, Digital, 1939, Livre.

Dia 05/10 – Segunda-feira
15h30 – Julgamento em Nuremberg – 179 min, Digital, 1961, 16 anos
19h – A indomável – 87 min, Digital, 1942, Livre.

Dia 08/10 – Quarta-feira
16h30 – Marlene, sua própria canção – 112 min, Digital, 2004, 12 anos.
19h – Mundana – 116 min, Digital, 1948, Livre.

Dia 09/10 – Quinta-feira
17h – Atire a primeira pedra – 94 min, Digital, 1939, Livre.
19h – O expresso de Shangai   – 80 min, 35 mm, 1932, 12 anos.

Dia 10/10 – Sexta-feira
16h – O diabo feito mulher – 89 min, Digital, 1952, Livre.
18h – Julgamento em Nuremberg – 179 min, Digital, 1961, 16 anos.

Dia 11/10 – Sábado
4h – Pavor nos bastidores – 110 min, Digital, 1950, 16 anos.
16h – Flor de paixão – 76 min, Digital, 1929, Mudo, Livre.
18h – Desonrada – 91 min, 35mm, 1931, 12 anos.

Dia 12/10 – Domingo
14h – A imperatriz vermelha – 104 min, 35mm, 1932, 12 anos.
16h – O jardim de Alá – 79 min, Digital, 1936, Livre.
18h – A pecadora – 87 min, Digital, 1940, Livre.

Dia 13/10 – Segunda-feira
17h – Cigana feiticeira – 95 min, Digital, 1947, Livre.
19h – Aquela mulher – 103 min, Digital, 1941, Livre.

Dia 15/10 – Quarta-feira
17h – O diabo feito mulher – 89 min, Digital, 1952, Livre.
19h – O jardim de Alá – 79 min, Digital. 1936, Livre.

Dia 16/10 – Quinta-feira
17h – Kismet – 100 min, Digital, 100 min, Livre.
19h – Anjo – 91 min, Digital, 1937, Livre.

Dia 17/10 – Sexta-feira
15h – A indomável – 87 min, Digital, 1942, Livre.
17h – Desonrada – 91 min, 35mm, 1931, 12 anos.
19h – A marca da maldade – 115 min, Digital, 1958, 12 anos.

Dia 18/10 – Sábado
13h30 – A Mundana – 116 min, Digital, 1948, Livre.
16h – Testemunha de acusação – 116 min, Digital, 1957, 12 anos.
18h30 – Marlene, sua própria canção – 112 min, Digital, 2004, 12 anos.

Dia 19/10 – Domingo
Não haverá exibições da mostra MARLENE

Dia 20/10 – Segunda-feira
17h – Atire a primeira pedra – 94 min, Digital, 1939, Livre.
19h – Pavor nos bastidores – 110 min, Digital, 1950, 16 anos

Loading...
Revisa el siguiente artículo