Cia. Fragmento da Dança estreia dois espetáculos em São Paulo

Por Tercio Braga

Dirigido pela coreógrafa e bailarina Vanessa Macedo, o grupo da Cia. Fragmento da Dança faz apresentações de dois espetáculos, desta quinta-feira a domingo, no Sesc Santo Amaro.

Quem abre a programação, às 21h, é “Aos Vencedores, as Batatas”, obra com cinco solos que dialogam sobre o sentido da palavra ruptura. O espetáculo volta a ser encenado no sábado, às 19h.

Sexta, às 21h, e domingo, às 19h, é a vez de “Sem Título”, obra em que três bailarinos criam sua própria encenação a partir de experiências de corpo e trajetórias.

Ruptura

A atração se destaca dos outros espetáculos artísticos desde sua concepção. Ao contrário das peças comuns, nas quais o diretor propõe um estudo e tema para os bailarinos, desta vez o caminho foi inverso. “Foi uma proposta de desafio mesmo, de inversão de papéis. Eu pedi que cada um trouxesse seu tema para ver como cada um se relacionava com a deixa inicial de ‘ruptura’”, explicou Vanessa Macedo.

A partir desta “ruptura”, os bailarinos tiveram que buscar algo na sua própria história de vida que remetesse a essa palavra e que pudesse ser transformada em um solo. Sobre a escolha da palavra, Vanessa afirma que a ela é forte e pode desencadear reações das mais diversas, todas com muita força.

Porém, depois que os solos estavam prontos, o resultado não foi o esperado. “Depois que vi o material finalizado, aquilo estava meio esvaziado para mim, ficou um pouco sem sentido. Então pensei em como construir uma relação entre as apresentações individuais para que não ficasse algo desarmônico”.

Deste modo, a Companhia se juntou para trabalhar em cima do material apresentado, com os bailarinos autocriticando os solos propostos. Com isso, aos poucos os trabalhos individuais acabaram se diluindo, se tornando uma coisa só. “Foi um processo bem difícil, só começou a ter algum sentido quando percebi que cada uma dessas questões reflete a sociedade em geral, como nas situações em que a gente compete, que  a gente não tem tempo para o outro”, disse.

Loading...
Revisa el siguiente artículo