Produção nacional ‘De Menor’ retrata vida de jovens em detenção

Por fabiosaraiva
Cena do filme ‘De Menor’, estreia na direção de um longa de Caru Alves, filha de Tata Amaral | Igor Lavrador/Divulgação Cena do filme ‘De Menor’, estreia na direção de um longa de Caru Alves, filha de Tata Amaral | Igor Lavrador/Divulgação

Em sua estreia na direção de longas-metragens, Caru Alves de Souza se destaca por algumas escolhas atípicas.

A primeira foi situar a trama de seu “De Menor”, que estreia nesta quinta-feira, nas ruas de Santos, cenário raro do atual cinema brasileiro. “Sempre achei a cidade supercinematográfica, mas pouco explorada”, diz a diretora.

A segunda foi lançar um olhar afetivo para um tema árido e sobre o qual pouca gente está interessada em discutir a fundo: a situação de jovens condenados a cumprir tempo em centros de detenção.

“Comecei a entrar em contato com essa realidade através de uma prima minha que foi defensora de adolescentes e crianças no Fórum de Santos. O embate entre a realidade dela – uma menina de classe média – e a dos meninos defendidos por ela começou a transformar seu olhar sobre a questão. Todo esse tema do abandono me sensibilizou”, afirma a diretora, que herdou o talento cinematográfico da mãe, Tata Amaral.

“De Menor” aborda o assunto a partir da vida de Helena (Rita Batata) e Caio (Giovani Gallo), que perderam os pais recentemente. Sem saber lidar direito com a situação, o garoto comete um crime e, ao ser levado preso, estremece sua então frágil relação com a irmã mais velha, uma advogada recém-formada que luta como pode para tê-lo de volta em casa.

A forma delicada e honesta com que Caru trata o tema lhe rendeu o prêmio de melhor filme do Festival do Rio do ano passado, dividido com “O Lobo Atrás da Porta”, de Fernando Coimbra.

Apesar de demorar para ser lançado, o longa chega às telas com um timing excelente, em meio a uma campanha eleitoral que discute justamente a redução da maioridade penal. Para Caru, apoiar esta iniciativa é “tratar a exceção como regra”.

Veja  o trailer:

Loading...
Revisa el siguiente artículo