Gigante do varejo, Amazon inicia venda de livros físicos no país

Por fabiosaraiva
amazon Catálogo terá mais de 150 mil títulos  | Reprodução

Gigante do varejo on-line nos Estados Unidos, a Amazon dá nesta quinta-feira seu segundo passo no mercado brasileiro. Após entrar no país no fim de 2012 apenas com a venda de e-books e do leitor Kindle, a empresa começa, enfim, a também vender livros impressos no site amazon.com.br.

O catálogo entra no ar com mais de 150 mil títulos em português (títulos importados continuam com venda exclusiva pelo site americano). Pedidos acima de R$ 69 terão frete grátis para todo o Brasil, e alguns CEPs de São Paulo receberão o produto no dia seguinte desde que a compra seja feita até as 11h.

O diferencial, no entanto, é o serviço “leia enquanto enviamos”, que abrange pouco mais de 14 mil títulos, a maioria best-sellers. Quem adquirir livros físicos nessa modalidade terá acesso aos primeiros 10% do conteúdo no formato digital logo após a transação, de forma que a leitura pode ser iniciada antes mesmo de o produto chegar.

Segundo Alex Szapiro, gerente da Amazon no Brasil, é com serviços como esse que a empresa quer ganhar espaço em um mercado on-line já consolidado. “Não que ela não exista, mas a gente não olha a concorrência. A gente olha o consumidor. Se fizermos o que acreditamos ser o certo para o consumidor, a gente crê que o resultado vai vir”, diz o executivo. Ele também comenta a demora para empresa entrar neste segmento. “A gente decide abrir uma loja quando se sente pronto.”

Szapiro não fala sobre quando a empresa irá vender outros produtos, nem sobre os descontos que serão aplicados, mas garante: “nosso papel é sempre trazer a melhor oferta possível para o consumidor brasileiro.” 

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo