Cinema judaico é tema de festival em São Paulo

Por lyafichmann
Amy Winehouse em cena de documentário | Reprodução Amy Winehouse em cena de documentário | Reprodução

O Festival de Cinema Judaico chega nesta terça-feira à maioridade com sua 18ª edição, que reúne produções cinematográficas de países como Israel, França, Brasil, Polônia, entre outros. A abertura acontece às 18h30, no teatro da Hebraica (r. Hungria, 1.000, Pinheiros; tel.: 3818-8800), com a exibição de “Nosso Grande Momento” (2013), de Wolfram Paulus. Na sequência, às 20h30, é a vez da exibição de “Adeus Bagdá” (2014), de Nissim Dayan.

Um dos destaques da seleção, que inclui 30 filmes, é a mostra “Com um Toque de Músicas”, que apresenta sete longas-metragens relacionados ao universo musical. A lista conta com o documentário inédito “Amy Winehouse – O Dia que Ela Veio a Dingle” (2012), que mostra uma entrevista leve e tranquila da cantora britânica morta em 2011 à TV irlandesa. O filme será exibido na quinta-feira, às 18h30, na Hebraica).

Fique atento ainda à exibição do recém-restaurado clássico do cinema judaico “Mamele” (1938), com a atriz Molly Picon, conhecida como a rainha do musical iídiche. A produção tem sessão no domingo, às 12h, também na Hebraica.

Mas não é apenas esse espaço que recebe a programação. Até domingo, será possível conferir os longas também no Centro da Cultura Judaica e no Cinesesc – com entrada gratuita – e no Cinemark do Pátio Higienópolis, com ingressos a R$ 10. A lista de todas as sessões pode ser conferida no site hebraica.org.br/fcjsp.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo