Página "Diva Depressão", criada no ABC, tem mais de 1 milhão de fãs

Por Carolina Santos
Página do facebook é uma das poucas de humor com mais de 1 milhão de fãs | Divulgação Página do facebook é uma das poucas de humor com mais de 1 milhão de fãs | Divulgação

A proposta da “Diva Depressão” é simples: pensamentos curtos e ácidos que comentam situações do cotidiano de qualquer pessoa, sempre ilustrados por fotos de divas do cinema e da cultura pop em geral. Em tempos de frases feitas e compartilhadas à exaustão nas redes sociais, a originalidade, marca da página, é um diferencial que pode atrair um grande número de fãs na internet. E quem comprova isso são os mais de um milhão e 600 mil seguidores da página “Diva Depressão” (facebook.com/DivaDepressao) no Facebook.

Criada em 2012 pelos designers Eduardo Camargo, de Santo André, e Filipe Oliveira, de Mauá, o sucesso da página foi uma surpresa. Os dois afirmam que não imaginavam que sua criação fosse ficar tão popular. “Criamos a ‘Diva’ sem quaisquer pretensões, e com o tempo passamos a nos dedicar cada vez mais, pois víamos que as pessoas realmente gostavam do nosso humor”, disse Eduardo Camargo.

E parece que gostam mesmo. Com o sucesso da página, o “Diva” se espalhou por outros meios. Até agora, o humorístico já ganhou festa temática, loja virtual e rendeu até um livro. Atualmente, a equipe conta com a presença de Márcia Correa, que contribui com o humor singular do “Diva”, que é personificada principalmente pela figura de Marilyn Monroe. “A página começou toda embasada na nossa própria personalidade. Através das piadas e das montagens, externalizamos muitas coisas que nós mesmos passamos e pensamos. Com o crescimento começamos a ver em várias situações um motivo para um comentário sarcástico. Começamos a pensar com a cabeça da ‘Diva’ de fato”, explicou Filipe Oliveira.

Um problema enfrentado pelo trio é o plágio, que é cada vez mais frequente. “Existem muitas páginas que copiam descaradamente nossas frases, e preferimos manter a nossa originalidade. A gente está sempre de olho em tudo o que está acontecendo”, disse Márcia.

Além do Facebook, eles contam que recorrem à outras redes sociais para se manterem sempre próximos do público. “O Instagram e o Twitter proporcionaram uma interação maior com os seguidores, e o blog fez com que não ficássemos engessados pelas limitações do Facebook. Já a loja se tornou uma forma de comercializar o nosso humor, afinal quem não usa uma camiseta?”, questiona Oliveira.

Sobre a fama e a repercussão que a página atingiu, o trio ainda se surpreende, mas avisa. “A gente não desce do salto e também não perdemos a humildade”, brinca Camargo.

Eduardo Camargo  e Filipe Oliveira são os criadores da página, que tem Marilyn Monroe como  sua maior musa | Divulgação Eduardo Camargo e Filipe Oliveira são os criadores da página, que tem Marilyn Monroe como sua maior musa | Divulgação
Loading...
Revisa el siguiente artículo