Novo cinema independente é atração de mostra no Cinesesc

Por fabiosaraiva
Cena de ‘A Vizinhança do Tigre’, vencedor da Mostra Aurora | Divulgação Cena de ‘A Vizinhança do Tigre’, vencedor da Mostra Aurora | Divulgação

Há 17 anos, sempre em janeiro, a nata do cinema brasileiro jovem, independente e autoral se reúne em uma cidadezinha do interior de Minas Gerais. Desde o ano passado São Paulo também tem a chance de conferir as novidades que passaram por lá na Mostra de Cinema de Tiradentes em São Paulo.

Com curadoria do crítico Cléber Eduardo, a segunda edição do evento abre hoje com 14 longas e 25 curtas de diferentes partes do país que serão apresentados de hoje a domingo no Cinesesc.  À exceção do paraibano “Pingo D’Água”, preparado por Taciano Valério para ser exibido exclusivamente por aqui, todos os outros filmes tiveram passagem no evento mineiro.

O destaque vai para “A Vizinhança do Tigre” (MG), de Affonso Uchoa, vencedor da Mostra Aurora (principal premiação do evento, destinada a cineastas estreantes), e “A Gente” (PR), de Aly Muritiba, cineasta já premiado no Festival de Sundance.

Vale também prestar atenção na mostra Cena Paulista, que agrega apenas curtas de cineastas de São Paulo. Serão duas sessões, cada uma com seis filmes distintos da outra.

A programação formativa também é parte importante da Mostra, que terá seminários no sábado e no domingo, às 14h30, discutindo, respectivamente, o papel do ator neste tipo de produção e os processos por que passam seus realizadores.

 

Destaques

As sessões da Mostra são grátis e vão até domingo no Cinesesc (r. Augusta, 1.075, tel.: 3087-0500). Programação no site goo.gl/Ua6EY8.

• ‘A Vizinhança do Tigre’ (MG), de Affonso Uchoa.
Nesta segunda-feira, às 20h30.

• ‘A Gente’ (PR), de
Aly Muritiba.
Nesta terça-feira, às 21h.

• ‘A Mulher que Amou o Vento’ (MG), de Ana Moravi. Quarta, às 17h.

• ‘Passarinho lá de Nova Iorque’ (RJ), de Murilo Salles. Quinta, às 21h.

• Mostra de curtas ‘Cena Paulista’. Sexta, às 21h (programa 1), e sábado, às 19h (programa 2).

• ‘Amador’ (SP), de Cristiano Burlan.
Sábado, às 17h.

• ‘Pingo D’Água’ (MG), de Taciano Valério.
Sábado, às 21h.

• ‘Branco Sai Preto Fica’ (DF), de Adirley Queirós.
Domingo, às 19h.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo