Michael Sullivan lança disco com 17 dos seus maiores sucessos

Por Caio Cuccino Teixeira
Sullivan misturou em seu disco a nova e a velha guarda da MPB | Leo Aversa/Divulgação Sullivan misturou em seu disco a nova e a velha guarda da MPB | Leo Aversa/Divulgação

Com certeza você já ouviu pelo menos dez hits compostos por Michael Sullivan. Raros os nomes da música popular brasileira (no sentido pop da palavra) que não cantaram suas letras, dos reis Roberto Carlos e Xuxa, a novos nomes da cena musical tupiniquim.

E alguns deles, como Alice Caymmi, Negra Li, Fernanda Takai e Zeca Baleiro (não tão novos assim) ditam o tom de “Mais Forte que o Tempo”, disco de Sullivan com 17 dos seus maiores sucessos, mas cantados em uma ousada roupagem mais moderna. “Tive medo sim [de regravar essas músicas]. Não só eu, como os artistas também. Mas quem ouvir vai perceber que, mesmo 30, 40 anos depois, essas canções ressurgem, mas sem perder suas essências”, explica o autor.

Fazer uma lista com 17 sucessos parece uma difícil tarefa. O processo começou com 100 escolhas, que depois caíram para 80. “Então comecei a pensar nas músicas comparando quem eu gostaria que as cantasse, até chegar a um número razoável”, conta Sullivan. Entraram nessa toada Ney Matogrosso, em sua versão para “Amor Perfeito” (originalmente cantada por Roberto Carlos em 1986); Arnaldo Antunes com “Vou Fazer Você Mulher”, parceria de Michael com Paulo Coelho de 1979; e Fagner com Monique Kessous em “Talismã”.

Aliás, o autor só empresta seu vozeirão em apenas uma música, “Entre Nós”, sucesso na voz de Sandra de Sá em 1986 e que agora tem também a participação de Anayle Lima. “Apesar de convidá-los, considero o disco uma homenagem desses cantores para mim, por isso só participei dessa. E também, estou preparando um disco de inéditas, aí cantarei mais”, explica.

Entre as músicas, apenas uma estranhamente não ganhou nova versão. Trata-se de “Um Dia de Domingo”, dueto entre Tim Maia e Gal Costa, que saiu no disco em sua gravação original. “São duas das maiores vozes do mundo cantando a música que foi um divisor de águas na minha carreira. Ela não poderia ficar de fora, então a relancei remasterizada”, diz Sullivan.

O compositor pretende lançar um DVD do projeto, com shows que serão feitos em abril e maio, no Rio de Janeiro e por São Paulo.

novo-disco-michael-sullivan


Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo