Por R$ 670, lustre é item mais caro de leilão de Stanley Kubrick

Por talita

Maurício e Sidnéia Miranda são os mais novos proprietários de uma máscara veneziana e de um pomposo lustre. Os objetos foram arrematados pelo casal ontem à tarde em um leilão bota-fora realizado pelo Museu da Imagem e do Som para vender peças que ajudaram a compor a cena da exposição em homenagem ao cineasta Stanley Kubrick,  encerrada no dia 12.

“Meu foco era realmente arrematar algo do ambiente de ‘Barry Lyndon’. O lustre era meu objeto de desejo”, disse ela, que desembolsou R$ 670 pelo produto, responsável pelo lance mais caro do evento, que durou pouco mais de duas horas e vendeu todas as peças ofertadas. Ela também levou uma das seis máscaras referentes ao filme “De Olhos Bem Fechados” – a mais cara delas saiu por R$ 400.

Foram vendidos ainda candelabros de “Barry Lindon” (R$ 480) e a porta do quarto 237 de “O Iluminado” (R$ 370), além do pufe (R$ 380) e do par de óculos (R$ 500) cenográficos de “Lolita”.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo