Herói do corporativismo, Dilbert estreia em livro pela Conrad

Por fabiosaraiva
“Já nem lembro se somos muquiranas ou espertos” -  Scott Adams - Conrad (208 págs.) - R$ 30 “Já nem lembro se somos muquiranas ou espertos” –
Scott Adams – Conrad (208 págs.) – R$ 30

Camisas de mangas curtas com gravatas que não combinam em nada, cafezinhos constantes, fofocas no banheiro e roubos de ideias alheias são só algumas das situações que fazem parte do dia a dia de Dilbert, engenheiro de 30 anos que trabalha em uma empresa de alta tecnologia na Califórnia e faz esforços diários para conseguir ter o mínimo de convívio com seus colegas de serviço.

Esse é o perfil do protagonista da HQ “Já nem Lembro se Somos Muquiranas ou Espertos”, primeiro livro de Dilbert lançado pela editora Conrad.

O homem sério, de óculos redondo e gravata de nó torto tem muito da experiência de vida de seu criador, Scott Adams, que passou cerca de 16 anos vivendo as desventuras de ser subordinado a gerentes nada espertos. A ideia de começar a desenhar o personagem surgiu enquanto trabalhava em uma empresa de tecnologia no longínquo ano de 1987. Os rabiscos despretensiosos deram tão certo que, 27 anos depois, ele vive tranquilamente apenas dos lucros advindos de Dilbert – e sem chefes para pressioná-lo.

Nas tiras há espaço para casos conhecidos do grande público, como intermináveis e inúteis reuniões ou aquela ideia mirabolante do chefe, que acredita estar, assim, motivando seus funcionários, mas na verdade só se torna motivo de chacota.

Nessa empreitada de sobrevivência surge Dogbert, um cachorro de óculos mais inteligente do que muitos personagens do livro, que faz uso do cinismo para tratar as pessoas com desdém e mostrar sua superioridade intelectual. Seu objetivo de vida é escravizar os humanos, mas ele já se contenta em controlar apenas seu dono, Dilbert.

Se você se identifica com as histórias desse engenheiro de TI, “Já nem Lembro se Somos Muquiranas ou Espertos” pode ficar guardado na sua gaveta do escritório e ajudá-lo a ter dias mais divertidos na repartição.

Captura de Tela 2014-01-07 às 19.50.32

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo