Bruce Springsteen faz covers e disponibiliza faixas de ‘High Hopes’ para streaming

Por fabiosaraiva
“High Hopes” - Bruce Springsteen - Columbia Records - US$ 12 (Pré-venda no iTunes) “High Hopes” – Bruce Springsteen – Columbia Records – US$ 12 (Pré-venda no iTunes)

Na semana passada, a loja virtual Amazon ofertou por engano a compra das faixas de “High Hopes”, novo álbum de Bruce Springsteen, que tinha lançamento oficial marcado para o próximo dia 14.

Não se sabe se há relação com o deslize da Amazon, mas Bruce acabou liberando em seu site oficial (brucespringsteen.net) a audição gratuita, via streaming, de 2 das 12 canções de seu 18º álbum de estúdio, um apanhado de covers e regravações antigas.

A faixa-título já tem quase 20 anos, mas soa como nova. Ela foi originalmente lançada em 1995, no EP “Blood Brothers”, mas ganhou em sua releitura a guitarra e o pedal de efeito wah-wah de Tom Morello, guitarrista do Rage Against the Machine.

Morello se tornou grande parceiro de Bruce após participar da turnê “Wrecking Ball”, no ano passado. O resultado dessa união é sua participação em 8 das 12 músicas de “High Hopes”, inclusive a regravação de “The Ghost of Tom Joad”, lançada por Springsteen no álbum homônimo em 1995 e registrada pelo Rage Against no disco “Renegades” (2000).

Outra faixa recuperada é “American Skin (41 Shots)”. Escrita em 2000, ela é uma referência à morte de Amadou Diallo, imigrante da Guiné assassinado com 41 tiros por policiais à paisana na porta do seu apartamento em Nova York, em 1999. No últimos anos, Bruce voltou a tocar a canção, mas para lembrar o assassinato do jovem negro Trayvon Martin em 2012.

Bruce também abriu espaço para dois covers: “Just like Fire Would”, da banda australiana “The Saints”, e “Dream Baby Dream”, do Suicide, além de recuperar gravações de membros já falecidos da E Street Band e amigos: o saxofonista Clarence Clemons (1942-2011) e o tecladista Danny Federici (1950-2008).

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo