PS4, o teste: Confira cinco títulos do recém-lançado console da Sony

Por talita
A série "Killzone: Shadowfall"agora é exclusiva da playstation| Divulgação A série “Killzone: Shadowfall”agora é exclusiva da playstation| Divulgação

O duro do novíssimo PlayStation 4 não são os desafios de seus títulos, mas conseguir levá-lo para casa. No Brasil, o console sai por R$ 4.000.

É uma pena, já que, na avaliação do Metro Jornal, seus jogos inaugurais demonstrem uma máquina capaz de produzir efeitos  visuais com uma definição que vai deixá-lo com vontade de pôr as mãos neles. De todos os games lançados, porém, apenas um é exclusivo. Talvez valha esperar um pouco mais para ver como ele vai se ajeitar no mercado.

Quem fugir para a concorrência vai encontrar o Xbox One por R$ 2.300 com o novo Kinect, sistema que lê movimentos e entende comandos de voz. O One é melhor que seu antecessor e faz com que jogos como “Dead Rising” fiquem ainda mais envolventes. Além disso, o console também funciona como agregador de entretenimento, disponibilizando o Netflix e exibindo filmes Blu-ray.

‘Fifa 14’

O clássico do futebol está de volta e igualzinho àquele que você vê na TV todas as quartas e domingos, com a diferença de que, dessa vez, é possível entrar na pele dos jogadores. O realismo quase fotográfico dos avatares se traduz na jogabilidade: em movimento, as pernas dos atacantes e zagueiros parecem reais e dão a sensação de serem totalmente controladas pelo gamer. Gooooool!

Ponto negativo: Não há mais o modo torneio.

‘Killzone: Shadowfall’

“Uau, um novo Killzone!”, dizem as pessoas que gostam do universo gamer. Agora exclusiva do Playstation, a série sempre foi um fenômeno. Esta nova versão do jogo de tiroteio oferece algumas surpresas, como uma guerra espacial quente e épica, além de um trama recheada de histórias que se entrelaçam em outras, tal qual o filme “A Origem” (2010), de Christopher Nolan.

Ponto negativo: O jogo passa longe de ser comparado a “Call of Duty”.

‘NBA 2K14’

Assim como o “Fifa”, este é um outro jogo da divisão esportiva da Electronic Arts, o que implica o mesmo fotorealismo no desenvolvimento dos gráficos (vide, por exemplo, as sobrancelhas de LeBron James). Para obter esse resultado, a empresa escaneou os rostos de 80% dos protagonistas da liga da NBA). Em termos de jogabilidade, o game está mais fluido que nunca, assegurando que você nunca ponha os pés numa quadra real.

Ponto negativo: Encarar a partida no modo técnico, em que você apenas fica lá sentado organizando tudo.

‘Assassins Creed 4: Black Flag’

Como os demais jogos mostrados aqui, à exceção de “Killzone”, “Assassin’s Creed” foi lançado mais cedo neste ano em outras plataformas, então não vale comprar o PS4 só por ele. Mas vale ressaltar que a aventura histórica, situada entre piratas no Caribe, tem um visual impressionante, com imagens de água que vão deixá-lo com vontade de mergulhar nela.

Ponto negativo: Se você já tem esse game, não compre de novo.

‘Lego Marvel Superheroes’

A maioria das pessoas brinca com Lego para construir coisas. Mas quem gosta de construir e para depois destrui-las vai amar este novo jogo da franquia. Nela, o Homem de Ferro e seus amigos se unem para destruir todos os blocos que encontram pela frente enquanto perseguem os bandidos. Dá para usar 130 personagens da Marvel, como Thor, Wolverine, Homem-Aranha, Hulk e Capitão América.

Ponto negativo: O jogo já está disponível no PlayStation 3 e Xbox 360.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo