Julio Bressane investiga o amor em novo longa

Por Carolina Santos
Bernardo Marinho e Josi Antello em ‘Educação Sentimental’ | Divulgação Bernardo Marinho e Josi Antello em ‘Educação Sentimental’ | Divulgação

Um dos diretores mais inquietos do atual cinema nacional, Julio Bressane (de “Matou a Família e Foi ao Cinema”) mostra a partir de sexta-feira seu “Educação Sentimental” a São Paulo após ele ter sido apresentado no prestigiado Festival de Locarno.

Inspirado pela história da mitologia grega em que a Lua que se apaixona por Endimião, o cineasta apresenta a história de Áurea, professora solitária de 40 anos que, após conhecer o jovem Áureo, se sente atraída por sua beleza.

Ela logo passa a dar-lhe aulas particulares, em que o rapaz, acostumado apenas a entender o desejo físico, deixa-se levar e aprender que um outro tipo de sentimento é possível.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo