Retrospectiva e livro celebram o cineasta Eduardo Coutinho

Por Carolina Santos
O documentarista no lançamento de ‘As Canções’, em 2012 | Eduardo Knapp/ Folhapress O documentarista no lançamento de ‘As Canções’, em 2012 | Eduardo Knapp/ Folhapress

Ensaios, entrevistas e críticas de Eduardo Coutinho compõem o livro que leva o nome do documentarista e que recebe lançamento nesta sexta-feira, às 20h, no Cinesesc. A publicação (Cosac Naify, 704 págs., R$ 70) reúne ainda textos inéditos de pesquisadores como Jean-Claude Bernardet e Ismail Xavier acerca da filmografia do autor de “Cabra Marcado para Morrer” (1985), marco do documentário brasileiro.

Elaborada para homenagear os 80 anos do diretor, celebrados em maio, a publicação se complementa com a ampla retrospectiva também preparada pela Mostra Internacional de Cinema de São Paulo em torno da obra dele.

Até o dia 31, é possível conferir 23 filmes de Coutinho, inclusive títulos de sua pouco conhecida carreira ficcional, como “O Homem que Comprou o Mundo” (1968), e reportagens preparadas para o programa “Globo Repórter”.

Todas as sessão são abertas pelo curta “Porrada”, o trabalho mais recente do diretor que, segundo a curadora da Mostra, Renata de Almeida, é “realmente uma porrada”. Confira a programação no site mostra.org.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo