Mostra internacional reúne grupos teatrais e de dança

Por Carolina Santos
Cena de “Terreiro Lumiara”,  da Cia. Gira Dança,  de Natal (RN), que estreia  na Mostra + Sentidos | Anderson Leão/ Divulgação Cena de “Terreiro Lumiara”,
da Cia. Gira Dança,
de Natal (RN), que estreia
na Mostra + Sentidos | Anderson Leão/ Divulgação

Onze grupos portugueses, escoceses e brasileiros vindos de várias partes do país compõem a seleção que se apresenta de hoje até o dia 27 na Mostra Internacional de Artes + Sentidos, que acontece no Teatro Sérgio Cardoso (r. Rui Barbosa, 153, tel.: 3288-0136).

O foco são espetáculos de artes cênicas com elenco formado por artistas deficientes e não deficientes. “Há muitos desses no Brasil, mas a escolha se deu pela importância e qualidade estética. Também trouxemos grupos com visibilidade internacional que não eram conhecidos no Brasil”, diz a produtora Grazi Vieira.

A programação é inteiramente acessível. Isso significa que cegos, surdos e surdo-mudos também poderão assistir aos espetáculos por meio de ferramentas de tradução do que se passa em cena, como a audiodescrição, a legendagem e a tradução em Libras.

“Isso confere uma independência formidável, já que a pessoa não precisa de mais ninguém para a apreciação do espetáculo”, diz Lívia Motta, da empresa Ver com Palavras, uma das pioneiras da audiodescrição no Brasil.

Motta destaca o fato da ferramenta estar consolidando uma nova plateia. “O retorno é sempre extremamente positivo. Esse público existe e está aumentando cada vez mais.”

Iniciativa da Secretaria de Cultura do Estado, a mostra abre hoje, às 21h, com “Dez Mil Seres”, do grupo português Dançando com a Diferença, e tem a participação do grupo de dança Quasar na semana que vem. Os ingressos custam R$ 10 e a programação pode ser conferida no site maissentidos.org.br.

Loading...
Revisa el siguiente artículo