‘Se Puder... Dirija!’ investe no 3D e na comédia

Por Carolina Santos
Os atores Luiz Fernando Guimarães e Gabriel Palhares  | Divulgação Os atores Luiz Fernando Guimarães e Gabriel Palhares | Divulgação

Estrelado por Luiz Fernando Guimarães, a comédia “Se Puder… Dirija!” chega hoje aos cinemas com um status significativo. Ele é o primeiro longametragem brasileiro com tecnologia 3D, sem uso de animação.

O formato é usado para narrar a história de João (Guimarães), um simpático manobrista que decide se reaproximar do filho de cinco anos, Quinho (Gabriel Palhares). Em um momento de urgência, ele decide pegar o carro de uma cliente, Márcia (Bárbara Paz), para buscar o menino na casa da ex-mulher, Ana (Lavínia Vlasak). O trajeto, que era para ser rápido, se transforma numa série de eventos cômicos.

Apesar do pioneirismo, o recurso tecnológico é utilizado em poucas cenas no filme de Paulo Fontenelle (“Intruso”), como logo no começo, quando um confete voa em direção ao público, ou quando João estica o braço para pegar uma bebida na geladeira.

Loading...
Revisa el siguiente artículo