‘The Bling Ring’ mostra história real de golpes de adolescentes em celebridades

Por fabiosaraiva
A gangue de Hollywood gasta as fortunas roubadas | Divulgação A gangue de Hollywood gasta as fortunas roubadas | Divulgação

Estreia nos cinemas “The Bling Ring: A Gangue de Hollywood”, novo filme de Sofia Coppola, inspirado na história real de um grupo de adolescentes obcecado por fama, que utilizava a internet para rastrear jovens ícones pop e roubar suas casas.

Eles chegaram a furtar cerca de US$ 3 milhões em roupas, joias e peças de arte de celebridades como Paris Hilton, Lindsay Lohan, Megan Fox e Orlando Bloom.

“Eu fui adolescente numa época diferente, onde não tinha internet”, disse  Sofia Coppola, ao Metro Internacional. “Tive que me imaginar nessa idade para perceber como eles foram influenciados pelas redes sociais e pelo estilo de vida desse mundo. Eu lembro de ter ouvido uma vez que não havia nada pior do que ser humilhado no Facebook”, disse.

A auto-exposição de jovens, que tiram fotos de si mesmos, também chamou a atenção da cineasta – que não possui perfis em redes sociais. “Chega a ser irônico nessa história como tudo passou do glamour para as páginas de tabloides.”

Nascida de uma dinastia hollywoodiana, a diretora norte-americana (filha do cineasta Francis Ford Coppola) se preocupou em não glamourizar os atos da gangue e mudou o nome de todos os personagens centrais da trama.

Ela chegou a se encontrar com alguns deles e ficou chocada com os detalhes dos roubos, como a louca ideia de levar o cachorro de Paris Hilton. Imagem de câmeras de segurança e matérias da época também ajudaram a construir o roteiro.

“Tentei imaginar por que eles fizeram o que fizeram. Tudo foi muito louco. Nessa idade, você não pensa como adulto e nem nas consequências das suas ações”, comentou a cineasta.

Além de participar do longa, Paris Hilton permitiu que a equipe usasse sua casa como locação. “Ela nos deixou filmar, mas o vizinhos não. Levamos uma equipe pequena para que não fossemos descobertos”, confessou Sofia Coppola.

A personagem de Emma Watson (“Harry Porter”), uma das protagonistas, foi inspirada na socialite e modelo Alexis Neiers, que alcançou uma certa fama nos Estados Unidos, ao participar de um reality show no canal “E!” em 2010, pouco antes de ser presa. Ela protagoniza uma das melhores cenas, ao dizer a jornalistas que um dia gostaria de ser presidente do seu país. Também fazem parte do elenco, Israel Broussard (“O Primeiro Amor”), Claire Pfister (“Batman: O Cavaleiro das Trevas”) e Taissa Farmiga (American Horror Story).

Loading...
Revisa el siguiente artículo