Astro de "House", britânico Hugh Laurie lança novo disco de blues

Por fabiosaraiva
“Didn “Didn’t It Rain”, Hugh Laurie, Warner, R$ 34,90

Mesmo antes de terminar as gravações de “House”, Hugh Laurie mostrava sempre que possível seus dotes musicais em shows pontuais. Ele chegou inclusive a dar palhinhas na própria série, fosse na guitarra, no piano ou até cantando.

Livre do personagem Gregory House desde o ano passado e sem grandes projetos no cinema, no teatro ou na TV, o britânico passou a se dedicar integralmente à música, principalmente à música americana. O resultado desse esforço é revelado agora em seu segundo disco, “Didn’t it Rain”.

Se no primeiro álbum, “Let Them Talk” (2011), Laurie compôs a partir do universo musical de Nova Orleans, agora ele se inspira na empolgação da música do pós-Segunda Guerra Mundial revelada no rhythm & blues e no jazz.

Laurie mostra que está alinhado com o blues clássico americano. O álbum começa com “Saint Louis Blues”, versão de uma famosa música de W. C. Handy datada de 1914. Outra referência à moda antiga é a música-título do disco, uma composição gospel de 1927.

Acompanhado novamente do produtor Joe Henry e da Copper Bottom Band, além da cantora guatemalteca Gaby Moreno, Laurie não se intimida em rechear o álbum de clássicos, como no dueto que faz com Gaby em “Kiss of Fire” (tango originalmente cantado por Louis Armstrong e Connie Francis em 1952). Outra boa sacada é a gravação de uma versão de respeito para a conhecida “Unchain My Heart”, de Ray Charles.

Mesmo com todas essas belas velharias, Laurie ainda tem olhos para nomes mais contemporâneos, como Alan Price of The Animals, do qual canta “Changes”, ou Dr. John, que, após ter participado ao lado do ator da faixa “After You’ve Gone”, no disco “Let Them Talk”, é representado agora com uma versão para a canção “Wild Honey”.

Loading...
Revisa el siguiente artículo