Segundo pesquisa, volume de livros vendidos no país caiu em 2012

Por Carolina Santos

O número de exemplares vendidos no Brasil em 2012 caiu 7,36% em relação a 2011, passando de 469,46 milhões de exemplares para 434,92 milhões. Apesar da queda, o faturamento das editoras teve aumento de 3,04%, passando para R$ 4,98 bilhões.

Os dados são da pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro, realizada e divulgada ontem pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade de São Paulo (FIPE/USP). Encomendados  pela Câmara Brasileira do Livro (CBL) e pelo Sindicato dos Editores de Livros (SNEL), os dados significam o primeiro crescimento real de vendas desde 2008.

Segundo o levantamento, o segmento que teve maior queda de vendas foi o de livros religiosos (19,18%), seguido pelo de livros didáticos (11,09%). Enquanto isso, o setor de obras gerais cresceu 7,65%. Já a venda de e-books foi 3,5 vezes maior que em 2011, mas o valor total ainda equivale a menos de 0,01% do faturamento do setor.  

Loading...
Revisa el siguiente artículo