Covid-19: prêmio The Best da Fifa não terá cerimônia em 2020

Por Agência Brasil

A tradicional festa de gala do prêmio The Best (O Melhor), realizada anualmente pela Fifa em setembro, não acontecerá este ano em decorrência da pandemia do novo coronavírus (covid-19). A informação foi veiculada na manhã de hoje (13), no jornal espanhol Marca. A cerimônia deste ano ocorreria na cidade de Milão (Itália). Durante o evento são entregues os troféus de melhores do ano no futebol, a atletas e profissionais que atuaram ao longo da temporada.

LEIA MAIS:
‘Enem pode atrasar um pouco, mas tem que ser este ano’, afirma Bolsonaro
Prefeitura de SP solicita mais 100 leitos da rede privada para pacientes do SUS

Segundo o diário espanhol, a entidade máxima do futebol justificou a decisão por não haver condições, no momento, de avaliar com equidade o desempenho dos jogadores e treinadores, tendo em vista o término antecipado de alguns campeonatos, e a paralisação de competições por tempo indeterminado. Ainda de acordo com a publicação, a Fifa ainda não decidiu se a premiação referente a 2020 será postergada para o ano que vem, podendo acontecer junto com a entrega do troféu de 2021.

Entre os troféus entregues na festa anual promovida pela Fifa, estão os de melhor jogador (feminino e masculino), melhor técnico e também é revelada a seleção do ano, com os melhores atletas. Desde 2016 a Fifa também entrega o Prêmio Puskás ao autor do gol mais bonito da temporada). O português Cristiano Ronaldo foi contemplado com o Puskás duas vezes na carreira. No ano passado, o argentino Lionel Messi levou o troféu pela primeira vez.

Conteúdo Patrocinado
Loading...
Revisa el siguiente artículo